Gêneros
Administração
Artes
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Contos/ Crônicas Home > Contos/ Crônicas > 200 crônicas escolhidas
200 crônicas escolhidas
Autor: Rubem Braga
EAN: 9788501012432
Gênero: Contos/ Crônicas
Páginas: 490
Formato: 16 x 23 cm
Editora: Record
Preço: R$ 54,90
   

Com uma linguagem sensível e poética, Rubem Braga capta, em 200 crônicas escolhidas, flagrantes da vida cotidiana que ele próprio viveu ou testemunhou. O livro traz seus melhores textos, produzidos entre 1935 e 1977, numa escolha feita pelo próprio autor, baseada na seleção original feita pelo amigo Fernando Sabino. São lembranças de cenas da Segunda Guerra, quando Braga foi repórter na frente de batalha. Recordações de momentos marcantes de sua infância e juventude com os amigos. Casos de amor e amizade com mulheres fantásticas que marcaram sua vida. Cenas que retratam o convívio diário com pessoas, choques de opiniões e interesses, o dia-a-dia do trabalho de um jornalista que precisava escrever sua crônica diária para sobreviver.

Rubem Braga nunca deixou de escrever regularmente crônicas para jornais e revistas, constituindo um verdadeiro fenômeno: o de ser o único escritor a conquistar um lugar definitivo na nossa literatura exclusivamente como cronista. Abordando sempre assuntos do dia-a-dia, falando de si mesmo, de sua infância, mocidade, primeiros amores, impregnava tudo que escrevia de um grande amor à vida — a vida simples, não sofisticada, dos humildes e sofredores. Tinha predileção especial pelas coisas da natureza, tomando frequentemente como tema o mar, os animais, as árvores. Não apenas as suas crônicas de amor e exaltação à mulher, mas também as que dedicou a passarinhos, borboletas, cajueiros, amendoeiras e pescarias são das mais belas páginas de nossa literatura.

Rubem Braga

Rubem Braga nunca deixou de escrever regularmente crônicas ...



Felicidade incurável
Fabrício Carpinejar
R$ 39,90

Me ajude a chorar
Fabrício Carpinejar
R$ 34,90

Retratos parisienses: 31 crônicas (1949-1952)
Rubem Braga
R$ 47,90


Rubem Braga dá nome a novo acesso do metrô de Ipanema
05/07/2010
Saiba mais

Rubem Braga em seu bolso
04/08/2009
Saiba mais