Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Ciências Sociais Home > Ciências Sociais > A nova ordem ecológica: A árvore o animal e o homem
A nova ordem ecológica: A árvore o animal e o homem
Autor: Luc Ferry
EAN: 9788574321028
Gênero: Ciências Sociais
Páginas: 256
Formato: 16 x 23 cm
Editora: Difel
Preço: R$ 59,90
   

Ecologia e democracia: desvendando os fundamentos ideológicos

Luc Ferry, em A Nova Ordem Ecológica: A árvore, o animal e o homem, analisa de maneira fascinante as origens filosóficas e históricas da ecologia, ciência indispensável a todo ser humano. Segundo ele, ao longo dos anos, ela aproximou-se de ideologias perigosas, com raízes mais profundas no ideal de pureza que animou grandes leis governamentais ao redor do mundo sobre conservação e animais.

Quais são os fundamentos ideológicos da ecologia? O que se sabe, por exemplo, do contexto intelectual em que a Alemanha nazista elaborou as primeiras grandes legislações sobre a proteção dos animais (1933) e da natureza em geral (1935)? Quais são, hoje, os motivos filosóficos ou políticos das correntes fundamentalistas que, nos Estados Unidos e no norte da Europa, exigem com seriedade um direito das árvores, das ilhas e das montanhas? Por que essas reivindicações de um contrato natural adquirem a forma de um antimodernismo radical, de uma “desconstrução do Ocidente em declínio”?

São questões como essas que Luc Ferry responde em A Nova Ordem Ecológica, que traz tendências críticas sobre o pensamento ambiental moderno. Neste trabalho, ele adota um tom de historiador da filosofia para explicar as teorias dos grandes pensadores sobre a relação do homem com a natureza. Utilizando-se de ironias, também apresenta uma oposição filosófica de teorias contemporâneas, o que causou, na França, um debate público sobre as origens do ambientalismo ideológico.

Este ensaio não argumenta contra uma ética ambiental, mas sim sua aliança com a democracia.

“Uma obra de vigor intelectual, repleta de insights, inventividade e, principalmente, escrita por um dos maiores filósofos da atualidade.” (Le Fígaro)

Luc Ferry

Luc Ferry foi ministro da Educação entre 2002 ...



Corpos em aliança e a política das ruas: Notas sobre uma teoria performativa de assembleia
Judith Butler
R$ 59,90

Cadeia: Relato sobre mulheres
Debora Diniz
R$ 39,90

A origem da família, da propriedade privada e do Estado (Ed. Bolso)
Friedrich Engels
R$ 29,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais