Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Ensaio/ Teoria literária Home > Ensaio/ Teoria literária > A atualidade de Walter Benjamin e de Theodor W. Adorno
A atualidade de Walter Benjamin e de Theodor W. Adorno
Autor: Márcio Seligmann-Silva
EAN: 9788520009215
Gênero: Ensaio/ Teoria literária
Coleção: Coleção Contemporânea
Páginas: 144
Formato: 14 x 21 cm
Editora: Civilização Brasileira
Preço: R$ 47,90
   

A atualidade de Walter Benjamin e Theodor Adorno, de Márcio Seligmann-Silva, promove uma rica interlocução entre estes autores da renomada Escola de Frankfurt. Ambos foram fundamentais para o desenvolvimento da reflexão filosófica e cultural do século passado e hoje os pensamentos e conceitos forjados por estes autores de primeira grandeza ainda suscitam reflexões. O livro faz parte da Coleção Contemporânea, organizada por Evando Nascimento.

O conceito de atualidade na obra de Benjamin e Adorno possui peculiaridades. Para ambos o termo tem a ver com a capacidade de uma ideia ir ao encontro de seu presente e com isso possibilitar uma mudança. Theodor Adorno inclusive é autor de um ensaio chamado “A atualidade da filosofia”. Este ponto de vista dos autores é abordado, assim como suas principais teorias, que seguramente ainda carregam em si o poder transformador dos grandes pensamentos.

Seligmann traz à tona dados biográficos de Walter Benjamin, que contém certa amargura, como o suicídio do filósofo em algum lugar entre a Espanha e França motivado por acontecimentos da Segunda Guerra Mundial. Os conceitos mais conhecidos da teoria benjaminiana e outros fatos relativos ao autor são destrinchados: “imagens do pensamento”, seu judaísmo sui generis, a questão da melancolia, a teoria da linguagem, a relação com o romantismo, a crítica da violência, o valor de aura na obra de arte e o conceito de experiência são alguns deles. As conexões entre literatura e filosofia são muito fortes em sua obra.

A desobrigação de Adorno em escrever uma história monumental permeia toda a análise de Seligmann. Para expor seu pensamento, o filósofo preferia escrever ensaios em vez de tratados. Alguns temas analisados são: a dialética do esclarecimento, as relações críticas com a indústria cultural, o interesse pela música, a interlocução com Benjamin, a teoria reformulada do sublime, o conceito de inumano e o valor adorniano de redenção.

O livro tem um caráter introdutório às ideias dos filósofos, mas não deixa de abordar assuntos mais áridos do pensamento de Walter Benjamin e Theodor Adorno. Desta forma, o leitor é incentivado a ler dos originais destes grandes pensadores.

Márcio Seligmann-Silva

Márcio Seligmann-Silva, doutor pela Universidade Livre ...



A definição da arte
Umberto Eco
R$ 59,90

Como conversar com um fascista
Marcia Tiburi
R$ 47,90

Paisagem brasileira
Lya Luft
R$ 42,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais