Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Biografia/ Memória Home > Biografia/ Memória > Alto e bom som
Alto e bom som
Autor: Iftach Spector
Título Original: Ram u-varur
Tradutor: Tova Sender
EAN: 9788501084279
Gênero: Biografia/ Memória
Páginas: 448
Formato: 16 x 23 cm
Editora: Record
Preço: R$ 84,90
   

Em 22 de julho de 2002, um avião de combate israelense foi enviado no meio da noite para eliminar um famoso terrorista – Salech Shechade. A aeronave lançou uma bomba em uma casa de um bairro residencial em Gaza. A bomba destruiu não somente o alvo como também as redondezas, e, quando as nuvens de poeira se dispersaram, verificou-se que, com o terrorista, morreram também 15 mulheres e crianças.

Este fato, somado a acontecimentos anteriores, levou Iftach Spector, um dos maiores pilotos de Israel, a assinar o que foi chamado mais tarde de “a carta dos pilotos”, documento que deu início a um movimento de militares que não aceitariam mais missões nas quais alvos civis palestinos pudessem ser atingidos. A reação pública não tardou a chegar – a Força Aérea boicotou Spector, seus amigos aviadores chamaram-no de traidor, todos os que aderiram ao movimento foram demitidos da Força Aérea e a história foi destaque na imprensa do mundo inteiro.

Verdadeira lenda viva em Israel, Spector comandou aviações e bases da Força Aérea, lutou na Guerra dos Seis Dias, na Guerra de Atrito, na Guerra de Yom Kippur e na Guerra do Líbano, foi comandante dos pilotos que bombardearam o reator nuclear no Iraque, formou uma geração inteira de pilotos e de equipes aéreas. “A carta dos pilotos” encerrou sua carreira militar, mas também fez dele um dos mais coerentes e celebrados defensores da consciência do Estado judeu.

Neste livro ele conta suas decisões pessoais e militares, que o conduziram do início de sua carreira na base de Chatzor, em dezembro de 1960, até a assinatura da carta dos pilotos, em setembro de 2003.

ALTO E BOM SOM narra casos como o que aconteceu cerca de 35 anos antes dos difíceis dias em 2002, quando Spector deparou-se com uma situação em que parecia sem saída. Estava sozinho, no coração do Egito, entre dois aviões inimigos de combate, com seu Mirage quase sem combustível. Os Migs seguiram em sua direção e tentaram derrubá-lo. Spector havia perdido a esperança de sair de lá vivo. E, naquele momento, justamente quando começava a se entregar à exaustão e à angústia e a perder a capacidade de continuar lutando, apareceu de algum lugar uma pequena frase, que a partir de então repetiria, como um mantra: “Tudo vem de dentro.”

Um brilhante livro de memórias que provoca uma profunda reflexão sobre os conflitos do nosso tempo.

 

Iftach Spector

"Iftach Spector é um dos melhores e mais conhecidos ases da Força ...



Confesso que vivi
Pablo Neruda
R$ 59,90

O diário de Anne Frank (Edição de bolso)
Anne Frank
R$ 29,90

Querido Mundo: A história de guerra de uma menina síria e sua busca pela paz
Bana Alabed
R$ 34,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais