Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Biografia/ Memória Home > Biografia/ Memória > Minha guerra alheia
Minha guerra alheia
Autor: Marina Colasanti
EAN: 9788501090911
Gênero: Biografia/ Memória
Páginas: 288
Formato: 14 x 21 cm
Editora: Record
Preço: R$ 59,90
   

As bombas caem devagar. Não sei como é possível, com aquele peso. Mas caem lentas ou eu as vi caindo lentas, bem lentas. E sobre a minha cabeça, vindo na minha direção. Não era a mim que elas queriam, não era aquela família deitada no mato o alvo de tanta munição.”

Uma cena de guerra dá início a este livro e à vida de Marina Colasanti . Diante de um altar ao ar livre rodeado por soldados e metralhadoras, casam-se os seus pais. O noivo, fardado, está prestes a partir para mais uma etapa da conquista colonial italiana na África. Será na África, em Asmara, capital da Eritréia, que a escritora nascerá dois anos mais tarde.


Este não é apenas um livro de memórias, é um documento. Jornalista com fecunda trajetória em jornais e revistas, Marina alia suas lembranças a um intenso trabalho de pesquisa para traçar, através da saga familiar, o retrato de uma época e do conflito que abalou o mundo.


Depois de Asmara, Tripoli, na Líbia. A vida na colônia é efervescente: caçadas, corridas de automóveis, festas sob as tendas iluminadas por archotes. Mas o sonho seria de curta duração. Com o início da Segunda Guerra e a volta para a Itália, será necessário enfrentar novos tempos.


O pai fascista, o avô historiador da arte, o tio figurinista, uma cena de ópera, cartas do poeta d" Annunzio, uma filmagem em Cinecittá, se entrecruzam com o avanço dos aliados, a falta de gêneros, um ato de espionagem, o medo e a insegurança. Este livro entusiasmante que se lê como um romance, nos revela mais uma faceta dessa escritora já consagrada em ficção, ensaio e poesia.

Marina Colasanti

Marina Colasanti nasceu em Asmara, capital da Eritréia, ...



Confesso que vivi
Pablo Neruda
R$ 59,90

O diário de Anne Frank (Edição de bolso)
Anne Frank
R$ 29,90

Querido Mundo: A história de guerra de uma menina síria e sua busca pela paz
Bana Alabed
R$ 34,90


Marina Colasanti autografa Classificados e nem tanto
Rio de Janeiro/RJ
03/05/2011
Saiba mais

Marina Colasanti participa do projeto Sempre um papo
Belo Horizonte/MG
28/09/2010
Saiba mais

Seminário sobre leitura conta com presença de Marina Colasanti
Natal/RN
02/09/2010
Saiba mais

Revelações de uma dama da literatura
03/07/2009
Saiba mais