Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Ciências Home > Ciências > A cabeça do cachorro
A cabeça do cachorro
Autor: Alexandra Horowitz
Título Original: Inside of a dog
Tradutor: Fátima Santos
EAN: 9788576842750
Gênero: Ciências
Páginas: 420
Formato: 16 X 23 cm
Editora: Best Seller
Preço: R$ 59,90
   

Quando são repreendidos pelo dono eles fazem cara de culpados, arrastam-se para longe, baixam a cabeça e, literalmente, colocam o rabo entre as pernas. Quem tem um cachorro de estimação pode garantir que eles sentem ciúmes, saudade, tristeza e muitos outros sentimentos que são atribuídos aos humanos. O cão, muitas vezes tratado como um membro da família, especializou-se em observar e reagir ao comportamento humano. O melhor amigo do homem é o animal que o interpreta com mais eficiência: eles têm uma ótima capacidade de aprendizagem (decoram o nome de diversos objetos aos quais as pessoas com quem convivem se referem), confiam mais no dono do que em seres de sua espécie e podem perceber, claramente, o foco de atenção das pessoas.

Nos últimos 15 anos, o números de estudos e pesquisas sobre o comportamento canino cresceu consideravelmente em todo o mundo. A americana Alexandra Horowitz, do departamento de psicologia do Barnard College de Nova York, é responsável por uma das mais importantes investigações sobre as atitudes e reações dos cães. Em A cabeça do cachorro, Horowitz, que também estudou a cognição de humanos, rinocerontes e primatas, reúne sua paixão pelo universo canino com as mais recentes descobertas científicas para explicar como os cachorros percebem o mundo ao seu redor, como interagem uns com os outros, e qual a natureza do relacionamento deles com os humanos. Alexandra conduziu experimentos com cachorros e seus donos. Em um deles, por exemplo, o dono mostrava algum alimento ao animal, dava ordem a ele para comer e saia do local. Enquanto o dono não estava na sala, o cão ingeria a comida ou essa era retirada pelos pesquisadores. Em alguns dos testes, o dono voltava para o local desinformado – achando que o cachorro o havia desobedecido, por exemplo, quando o cachorro não havia comido nada. Ao perceber alguma desobediência o dono dava uma bronca em seu animal de estimação. Horowitz percebeu que as reações relacionadas à “cara de culpa” eram manifestadas independente de o cão ter ou não desobedecido. A conclusão da psicóloga e especialista em comportamento animal foi que os cachorros aprenderam, a de certa forma, reagir em resposta ao comportamento de seus donos: “nós geramos o contexto que os estimula a produzir aquela cara”, explica a professora.


Alexandra Horowitz desmistifica algumas das crenças mais arraigadas em relação aos instintos caninos e revela a verdade por trás do comportamento deles. Divertido e esclarecedor, A cabeça do cachorro lança um novo olhar sobre o mundo dos cães: desta vez, levando em conta o ponto de vista desses animais.

Alexandra Horowitz

ALEXANDRA HOROWITZ é professora de psicologia no Barnard ...



A ilha do conhecimento: Os limites da ciência e a busca por sentido
Marcelo Gleiser
R$ 64,90

Obsessão prima
John Derbyshire
R$ 77,90

QS: Inteligência espiritual (edição de bolso)
Danah Zohar, Ian Marshall
R$ 34,90


Evento de lançamento de A cabeça do cachorro, de Alexandra Horowitz, no Leblon
Rio de Janeiro/RJ
02/10/2010
Saiba mais