Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
História Home > História > Trópico dos pecados: moral, sexualidade e inquisição no Brasil
Trópico dos pecados: moral, sexualidade e inquisição no Brasil
Autor: Ronaldo Vainfas
EAN: 9788520009963
Gênero: História
Páginas: 448
Formato: 16 x 23
Editora: Civilização Brasileira
Preço: R$ 84,90
     

Em Trópico dos pecados, um clássico da historiografia brasileira, Vainfas analisa fatos sociais do Brasil Colônia pouco conhecidos do grande público. Temas do cotidiano de nossos antepassados, como concubinato, homossexualidade masculina e feminina, bigamia, são discutidos tanto no âmbito teológico e jurídico, como em sua prática dentro das alcovas. Os escritos de Vainfas resgatam personagens pertencentes a todos os estamentos de nossa sociedade colonial, da escravaria e “arraia miúda”, ao clero e elite senhorial. O patriarcalismo, a misoginia, as teias da inquisição no controle das moralidades e repressão às  sexualidades heterodoxas são discutidos com maestria.

Ronaldo Vainfas

Ronaldo Vainfas é doutor em História pela USP ...



Liberdade vigiada
Paulo César Gomes
R$ 74,90

Tenentes: A guerra civil brasileira
Pedro Doria
R$ 54,90

Memória afetiva do botequim carioca (Capa dura)
José Octavio Sebadelhe e Pedro Paulo Thiago de Mello
R$ 77,90


Ronaldo Vainfas autograda obra de estreia na editora Civilização Brasileira
Rio de Janeiro/RJ
13/12/2010
Saiba mais