Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Infantil Home > Infantil > Classificados e nem tanto
Classificados e nem tanto
Autor: Marina Colasanti
EAN: 9788501088888
Gênero: Infantil
Páginas: 96
Formato: 16 x 16 cm
Editora: Galerinha Record
Preço: R$ 49,90
   

LIVRO ALTAMENTE RECOMENDÁVEL - CATEGORIA POESIA  - FNLIJ 2011

Com uma obra que inclui prosa, poesia, crônicas, contos e livros para crianças e jovens, a autora retorna agora ao universo infantil com um encantador livro de poesia para pequenos. “Há gente que percorre os anúncios Classificados atrás de um apartamento bem localizado, um carro do ano, um cachorro com pedigree. Mas há pessoas que buscam um tapete voador, a chave para a qual já perderam a fechadura, o endereço do amigo imaginário, o rastro da estrela cadente. Para elas é este livro”, explica a autora.

Nos classificados que o Vô lê no jornal, vende-se casa, carro, cachimbo ou cavalo. Vende-se escova, bicicleta, festa junina ou guaraná. Mas, quando se tem imaginação, não há limite que baste: em três ou quatro linhas, encontram-se sereias friorentas, estrelas cadentes, grafiti sem muro e até um abacaxi maduro.

Classificados e nem tanto reúne 80 poeminhas curtos, “alucinadinhos”, ilustrados com belíssimas xilogravuras do artista plástico Rubem Grilo: “Velho chafariz procura água fresca que o faça feliz”; “Alugo por temporada casa bem assombrada”; “Vendo em leilão o pouco que resta do meu coração”; “Veleiro procura vento trabalhador disposto a levá-lo além do equador”. Para quem procura coisas difíceis de achar, é só abrir este livro e encontrar o que sua imaginação mandar.

Marina Colasanti

Marina Colasanti nasceu em Asmara, capital da Eritréia, ...



Zebrosinha
Bruna Beber
R$ 39,90

Betina fica sozinha
Livia Garcia-Roza
R$ 47,90

O estribo de prata
Graciliano Ramos
R$ 49,90


Marina Colasanti autografa Classificados e nem tanto
Rio de Janeiro/RJ
03/05/2011
Saiba mais

Marina Colasanti participa do projeto Sempre um papo
Belo Horizonte/MG
28/09/2010
Saiba mais

Seminário sobre leitura conta com presença de Marina Colasanti
Natal/RN
02/09/2010
Saiba mais

Revelações de uma dama da literatura
03/07/2009
Saiba mais