Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Romance brasileiro Home > Romance brasileiro > Seria uma sombria noite secreta
Seria uma sombria noite secreta
Autor: Raimundo Carrero
EAN: 9788501093929
Gênero: Romance brasileiro
Páginas: 144
Formato: 14x21
Editora: Record
Preço: R$ 47,90
     

O jornalista, dramaturgo e músico pernambucano Raimundo Carrero estreou na literatura em 1975, com o livro A História de Bernarda Soledade. Mas a ligação de Carrero com a literatura de qualidade começou muito antes, quando, ainda menino, lia de Graciliano Ramos a Dostoievski. Coincidência ou não, sua prosa também ganharia a crítica especializada. Carrero é um dos mais importantes autores brasileiros contemporâneos, com inúmeros prêmios. Entre eles, o Jabuti de Melhor Livro de Contos, em 2000, e o de Melhor romancista do ano, pela Associação Paulista de Críticos de Arte, em 1995.

Em 2010 recebeu os prêmios Machado de Assis, da Fundação Biblioteca Nacional, e o Prêmio São Paulo de Literatura pelo romance A minha alma é irmã de Deus. Mas com a história terminada, o escritor sentiu que alguns personagens tinham mais o que dizer. Escolheu Alvarenga e Raquel e começava assim seu mais recente trabalho Seria uma sombria noite secreta. Um livro que fala de um amor absoluto, que prescinde, inclusive, da presença do amado, algo tão peculiar à ânsia, à passionalidade do amante.

O camelo Alvarenga e a prostituta Raquel vivem um amor desencontrado e confuso, sem desejos sexuais, movido pela imensa ternura que um sente pelo outro, desde a adolescência. Alvarenga vive dos restos de comida que encontra no lixo e Raquel transforma-se em prostituta desde que se entusiasmou com a teoria do corpo social francesa, durante aulas do Curso de História na Universidade. Os dois ocupam uma pensão no Bairro boêmio do Recife, em grande solidão e alimentando sonhos sem esperanças.

Alvarenga é um personagem esquisito: toca corneta para chamar os amantes de Raquel e nem sabe dizer sequer se ela é bonita ou feia porque confunde os elementos estéticos do mundo contemporâneo. Para ele, bonito é um pássaro solitário, cheio de plumagem colorida, ou uma ave velha e decadente. Reunindo textos, personagens e situações novos com os de outros romances seus, que se repetem e avançam através da trama e da harmonia do texto, Carrero cria um romance único e singular. “O romance tradicional quer contar uma história, mas o escritor deve procurar novas técnicas e buscar caminhos. O leitor entende, sim", argumenta Carrero.

Raimundo Carrero

Raimundo Carrero é um dos escritores mais premiados deste ...



O tipo certo de garota errada (Vol. 1 As Garotas)
A. C. Meyer
R$ 39,90

Onde o amor se esconde
Veridiana Maenaka
R$ 39,90

Todo vícios
Maitê Proença
R$ 32,90


Livro de Raimundo Carrero ganha versão romena
Saiba mais

Raimundo Carrero autografa "Seria uma sombria noite secreta"
Recife/PE
21/07/2011
Saiba mais

Prêmio São Paulo de Literatura 2010 consagra autores da Record
05/08/2010
Saiba mais

MINHA ALMA É IRMÃ DE DEUS é finalista do Festival de Gramado
13/07/2010
Saiba mais