Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Biografia/ Memória Home > Biografia/ Memória > Máfia Export
Máfia Export
Autor: Francesco Forgione
Título Original: Mafia Export
Tradutor: Karina Jannini
EAN: 9788528615074
Gênero: Biografia/ Memória
Páginas: 398
Formato: 16x23
Editora: Bertrand Brasil
Preço: R$ 59,90
   

Nos últimos anos foram lançados diversos livros sobre a máfia italiana, tanto de ficção quanto de não ficção. Destaque para Gomorra, de Roberto Saviano. Faltava, porém, um que dissecasse a presença dos criminosos e sua rede de atuação ao redor do mundo. Com Mafia Export, de Francesco Forgione, a espera acabou.

A ideia, segundo o autor, surgiu com a seguinte pergunta: diante dessa força econômica e dessa capacidade financeira, quantas necessidades, quantos interesses e quantas classes sociais vivem, se alimentam ou enriquecem graças à presença e às atividades das máfias?

O livro traz histórias que dão uma ideia vívida e real de um fenômeno que já se tornou estrutural. Complementado com mapas da difusão das máfias italianas no mundo e das rotas das drogas, mostra o deslocamento das famílias por todos os continentes do planeta.

Forgione prova que o faturamento anual da ’ndrangheta, da Cosa Nostra e da camorra é de cerca de 130 bilhões de euros, sendo superior ao PIB de três pequenos países europeus, e considerando-se que quase 10% da população ativa no sul da Itália trabalha na “indústria mafiosa” —, não há como não se espantar.

Uma espécie de atlas geocriminal do único produto Made in Italy que não conhece crises, mas que nas crises econômicas e sociais e em todas as grandes passagens de época do velho e do novo século teve a capacidade de se renovar, de criar e de afirmar novas marcas, de conquistar novos territórios e novos mercados.” (p. 41)

No Brasil, tem-se a ‘ndranguetta no Rio de Janeiro, em Brasília e em Fortaleza. Já a camorra e a Cosa Nostra estão estabelecidas somente na cidade fluminense.

Francesco Forgione

Francesco Forgione tem 49 anos, é calabrês e foi ...



Confesso que vivi
Pablo Neruda
R$ 59,90

O diário de Anne Frank (Edição de bolso)
Anne Frank
R$ 29,90

Querido Mundo: A história de guerra de uma menina síria e sua busca pela paz
Bana Alabed
R$ 34,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais