Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Infantil Home > Infantil > Os sonhos do lenhador
Os sonhos do lenhador
Autor: Malba Tahan
EAN: 9788501401205
Gênero: Infantil
Páginas: 28
Formato: 21 x 28 cm
Editora: Galerinha Record
Preço: R$ 47,90
   

O modesto lenhador Chang Tang Li era o sonhador da pequena aldeia de Rios Sagrados. Todo dia narrava histórias incríveis aos sete ventos. Um dia tropeçou num pote repleto de moedas de ouro. Escondeu a descoberta, e, depois de uma noite agitada, acreditou que tudo não passava de outro devaneio e contou aos amigos. O barqueiro Su Tai encontrou o pote e o levou para si. Agora resta saber quem tem o verdadeiro mérito: Tang Li, que transformou a realidade num sonho, ou o barqueiro Su Tai, que conseguiu transformar o sonho em realidade.

Malba Tahan
...


Zebrosinha
Bruna Beber
R$ 39,90

Betina fica sozinha
Livia Garcia-Roza
R$ 47,90

O estribo de prata
Graciliano Ramos
R$ 49,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais