Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Contos/ Crônicas Home > Contos/ Crônicas > Final do jogo
Final do jogo
Autor: Julio Cortázar
Título Original: Final del juego
Tradutor: Paulina Wacht e Ari Roitman
EAN: 9788520011348
Gênero: Contos/ Crônicas
Páginas: 224
Formato: 14 x 21 cm
Editora: Civilização Brasileira
Preço: R$ 49,90
   

PELA PRIMEIRA VEZ NA CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA, UMA DAS MAIORES OBRAS DE CORTÁZAR

 

Final do jogo é uma poderosa brincadeira com o leitor. Composto por 18 contos que se dividem em três níveis de dificuldade, vai do nível mais fácil – a Parte I – ao mais difícil – a Parte III, como um jogo. Cada nível é medido pelo esforço que se deve fazer para entender ou crer em cada um dos contos do autor. O livro começa com o conto mais curto ‘Continuidade dos parques’,  também um dos mais aclamados em toda a obra de Cortázar.

Julio Cortázar é um dos escritores argentinos mais importantes de todos os tempos. Seu romance O jogo da amarelinha abalou o panorama cultural do seu tempo e criou uma referência ineludível dentro da narrativa contemporânea.

Julio Cortázar

Considerado um dos mais importantes escritores latino-americanos, Julio ...



Autorretrato e outras crônicas
Carlos Drummond de Andrade
R$ 44,90

Felicidade incurável
Fabrício Carpinejar
R$ 39,90

Me ajude a chorar
Fabrício Carpinejar
R$ 39,90


Lançamentos de Júlio Cortázar ganham prateleiras
12/05/2015
Saiba mais