Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
Economia Home > Economia > A Europa alemã: A crise do euro e as novas perspectivas de poder
A Europa alemã: A crise do euro e as novas perspectivas de poder
Autor: Ulrich Beck
Título Original: Das deutsche europa
Tradutor: Kristina Michahelles
EAN: 9788577532520
Gênero: Economia
Páginas: 128
Formato: 14 x 21 cm
Editora: Paz e Terra
Preço: R$ 47,90
     

Um estudo sobre a hegemonia política e ideológica da Alemanha na Europa

 

Em um famoso discurso proferido em Hamburgo em 1953, Thomas Mann advertiu os alemães sobre o perigo de quererem voltar a almejar uma “Europa alemã”. E que muito menos catastrófico seria que conseguissem obter uma “Alemanha europeia”. Mas no rastro da crise do euro, foi justamente o que aconteceu. Com uma política “Merkiavélica”, brinca o autor em referência à liderança de Angela Merkel, a Alemanha se tornou hegemônica na Europa, tanto do ponto de vista político como do ideológico. Como líder econômica do continente pode ditar aos países da zona do euro as condições para a obtenção de novos créditos, incluindo o esvaziamento dos direitos de coparticipação dos parlamentos grego, italiano, espanhol e até mesmo do alemão. 

Quais as consequências da polêmica política de contenção alemã para o equilíbrio de poder europeu? Que soluções são possíveis no conflito entre os arquitetos da Europa e os ortodoxos do Estado nacional? Como conciliar os imperativos da solução da crise e da democracia face ao risco-Europa? São essas as questões que Ulrich Beck aborda. E ele conclui que é preciso um novo contrato social europeu: um contrato que, através da própria ideia de Europa, garanta mais liberdade, mais segurança social e mais democracia.

• Ulrich Beck ficou conhecido por sua “teoria da sociedade do risco”, que sustenta que a atual distribuição de riscos é incapaz de dar conta das diferenças sociais, econômicas e geográficas da modernidade, o que acarretaria problemas em escala global muito mais difíceis de serem controlados.

• É um dos sociólogos mais respeitados da Alemanha e leciona em Munique, Londres e Harvard.


Ulrich Beck
...


Inabalável: Um guia prático para a liberdade financeira
Tony Robbins
R$ 39,90

O mentor-minuto
Claire Diaz-Ortiz, Ken Blanchard
R$ 34,90

Keynes x Hayek
Nicholas Wapshott
R$ 79,90


Autor Carlos Minuano participa do talk show 'The Noite com Danilo Gentili'
13/07/2018
Saiba mais

Jornalista inclui canal 'Alexandrismos' em sua lista de favoritos
Alexandra Gurgel é citada como 'influenciadora do bem' por jornalista
09/07/2018
Saiba mais

Novo livro de Fabricio Carpinejar entra para a lista de mais vendidos da Veja
04/06/2018
Saiba mais

Contos de Nei Lopes são tema de curso no Centro Afrocarioca de Cinema
Saiba mais