Gêneros
Administração
Artes
Astrologia
Biografia/ Memória
Chick Lit
Ciências
Ciências Políticas
Ciências Sociais
Cinema
Contos/ Crônicas
Culinária
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento profissional
Economia
Educação
Ensaio/ Teoria literária
Entretenimento
Esoterismo
Espiritualidade
Filosofia
Geografia
Guerra
Guia
História
Infantil
Jovem Adulto
Juvenil
Literatura
Negócios
Obras de referência
Pensamento
Poesia
Policial
Política
Psicologia/ Psicanálise
Quadrinhos
Qualidade de vida
Relacionamento
Religião
Reportagem
Romance brasileiro
Romance estrangeiro
Romance histórico
Suspense
Teatro
Thriller
Viagem/ Aventura
Coleções
Autores
Tenha acesso a
conteúdos exclusivos.

leitor
livreiro
professor

Email:
Senha:
Lembrar senha
História Home > História > O Brasil Republicano: O tempo da experiência democrática – Da democratização de 1945 ao golpe civil-militar de 1964 – Terceira República (1945-1964) (Vol. 3)
O Brasil Republicano: O tempo da experiência democrática – Da democratização de 1945 ao golpe civil-militar de 1964 – Terceira República (1945-1964) (Vol. 3)
Autor: Jorge Ferreira (org.)
EAN: 9788520013595
Gênero: História
Coleção: O Brasil Republicano
Páginas: 520
Formato: 16 x 23 x 2,2 cm
Editora: Civilização Brasileira
Preço: R$ 74,90
     

Nas primeiras décadas do século XXI, temas como democracia, cidadania e República surgem, em diferentes interpretações, como dilema e desafio que a sociedade brasileira enfrenta no cotidiano. Partilhando dessas preocupações, planejamos e organizamos a coleção O Brasil Republicano, em cinco volumes: O tempo do liberalismo oligárquico (edição revista), O tempo do nacional-estatismo (edição revista), O tempo da experiência democrática (edição revista), O tempo do regime autoritário (edição revista) e O tempo da Nova República (volume inédito). 

Este terceiro volume da coleção O Brasil Republicano trata da Terceira República. 

No início de 1945, a ditadura do Estado Novo entrou em crise, enquanto o prestígio do ditador Vargas crescia entre os trabalhadores. Com a consolidação da democracia, diversos personagens passaram a se manifestar politicamente: trabalhadores, camponeses, militares, empresários, estudantes, artistas, intelectuais, entre outros. Vivendo uma experiência democrática, a população brasileira, por meio do voto, demonstrava preferência pelo projeto nacional-estatista defendido por trabalhistas e comunistas, mas não pelo programa dos liberais udenistas. Ao fim, as direitas radicalizaram, negando-se a aceitar qualquer tipo de reforma, defendendo seus privilégios a todo custo. As esquerdas também radicalizaram, exigindo mudanças. A crise política fez ruir o regime de democracia liberal e resultou na instauração de uma ditadura.

Reúne textos de: Antonio Luigi Negro, Antônio Torres Montenegro, Felipe Loureiro, Fernando Teixeira da Silva, Ivan Colangelo Salomão, Jefferson José Queler, João Roberto Martins Filho, Jorge Ferreira, José Antonio Segatto, Lucilia de Almeida Neves Delgado, Marcelo Cedro, Marcos Napolitano e Pedro Cezar Dutra Fonseca.


Jorge Ferreira (org.)



Liberdade vigiada
Paulo César Gomes
R$ 74,90

Tenentes: A guerra civil brasileira
Pedro Doria
R$ 54,90

Memória afetiva do botequim carioca (Capa dura)
José Octavio Sebadelhe e Pedro Paulo Thiago de Mello
R$ 77,90


Jorge Ferreira autografa "João Goulart: uma biografia"
São Paulo/SP
31/08/2011
Saiba mais