Agnes Heller

Ágnes Heller (Budapeste, 12 de maio de 1929 — 19 de julho de 2019[1][2]) foi uma filósofa húngara. Discípula de Lukács, foi professora de sociologia na Universidade de Trobe, na Austrália. Lecionou na New School for Social Research, em Nova Iorque. Tem várias obras publicadas com Ferenc Fehér, que também é húngaro e discípulo de Lukács, além de lecionar na mesma universidade. Recebeu duras críticas por suas declarações a TV, em inglês, quando deixando a objetividade, negou o terror policial de 2006, perpetrado pelo governo do partido MSZP, herdeiro do partido comunista húngaro de antes do colapso soviético.

Exibindo todos 2 resultados