Guilherme Fiuza

Guilherme Fiuza, jornalista e escritor, é autor de Meu nome não é Johnny, transformado em longa-metragem (maior bilheteria nacional de 2008, vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de roteiro adaptado), 3.000 dias no bunker, também adaptado para o cinema, Bussunda: a vida do casseta, Não é a mamãe: para entender a era Dilma, O Império do Oprimido (romance em adaptação para cinema e TV), Que horas ela vai?, entre outros. Escreveu a comédia teatral Eu e ela e é coautor da minissérie O brado retumbante (TV Globo), indicada ao Prêmio Emmy Internacional.

Exibindo todos 10 resultados