Curta vencedor do Oscar inspira livro da Galera Record

10/02/2020 162 visualizações

O prêmio de melhor curta de animação do Oscar 2020 foi para o filme “Hair Love”. Entendendo a necessidade de representar famílias negras em projetos de animação, o autor Matthew A. Cherry resolveu publicar o sucesso também em formato literário. Com ilustração de Vashti Harrison, a obra chega às livrarias ainda este ano pela Galera Record com o título traduzido para ‘Amor de cabelo’.

 

Apenas com a prévia do roteiro em mãos, Cherry divulgou uma vaquinha online, em 2018, com  a meta inicial de arrecadar 75 mil dólares para colaborar na produção de “Hair Love”. O autor, porém, atingiu quase o triplo do valor planejado e o curta foi lançado pela Sony Pictures Animation, em dezembro do ano seguinte. “A coisa mais legal que eu já vi nesse projeto é que as pessoas conseguem se relacionar com essas imagens”, disse o autor em entrevista para o site Refinery na época.

Hoje, o filme atinge mais de 16 milhões de visualizações no Youtube, e reúne emoção e reflexão, tudo de uma forma leve e divertida. Na história, Zuri acorda empenhada em fazer um penteado para um dia especial, e seu pai, Stephen, vendo a dificuldade da filha em lidar com seu cabelo crespo, resolve ajudá-la. O papel, antes desempenhado pela mãe, enfrenta problemas no início, mas nada que muito amor – e a ajuda de um tutorial na internet – não consigam resolver. Em menos de 7 minutos, Cherry releva o cuidado com a aceitação, a importância da representatividade e o papel dos pais na criação das filhas, incluindo os cuidados capilares.

O curta premiado, que dessa vez originou um livro, fez um caminho diferente, mas parecido, com outros sucessos do Grupo Record no Oscar 2020. O filme Jojo Rabbit, vencedor de melhor roteiro adaptado, foi motivado pelo livro “O Céu que nos Oprime”, enquanto Adoráveis Mulheres, inspirado por “Mulherzinhas”, recebeu a estatueta de melhor figurino.