Em homenagem aos avós

25/07/2018 1 visualizações

Em 26 de julho, alguns dias após o “Dia do amigo”, celebra-se o “Dia dos avós”. A comemoração tem origem católica e homenageia Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria, mãe de Jesus.  Independentemente de religião, a data faz parte do calendário afetivo de muita gente.

Preparamos uma lista de livros em homenagem a essa data especial.  Tem amor na terceira idade, reflexões sobre envelhecimento e amores perdidos, pensamentos sobre relações familiares e interação entre gerações!

Capa Com maturidade fica-se mais jovem MFCOM A MATURIDADE FICA-SE MAIS JOVEM |Hermann Hesse|Record

Em “Com a maturidade fica-se mais jovem”, Hermann Hesse dedica-se com lirismo ao último desafio de sua longa vida de escritor: aceitar graciosamente a velhice e a proximidade da morte. Os belos textos trazem histórias cheias de referências a experiências pessoais, autoanálise e confissões literárias.

Hesse nos lembra, aqui, do ciclo natural da vida, da primavera dos anos e da regeneração que anualmente se repete. Algo que não deve ser encarado como motivo de tristeza, por ele próprio se encontrar no inverno da existência, e sim como uma oportunidade para proceder à transformação e à regeneração interior. Uma nova estação.Cuide dos pais antes que seja tarde

CUIDE DOS PAIS ANTES QUE SEJA TARDE | Fabrício Carpinejar| Bertrand Brasil

Fabrício Carpinejar decidiu fazer uma homenagem ao seu pai e à sua mãe em forma de livro: “Cuide dos pais antes que seja tarde” traz textos comoventes e inspirados sobre o tempo, a perda, o amor, o carinho e o cuidado que os filhos devem ter.Ao falar dos pais, ele dedica também alguns textos aos avós, dizendo que o respeito e a amizade pelos mais velhos é o primeiro passo para nos tornarmos bons filhos. Como sempre, o poeta traz para o livro suas experiências pessoais e pílulas de pensamentos inspiradas em algumas metáforas, como quando compara a história dos mais velhos aos objetos retrô que tanto valorizamos. “Não há livro antigo que reproduza a sabedoria de minha mãe. Em vez de comprar uma edição rara em um sebo, basta convidá-la a almoçar que já desfruto de uma biblioteca inteira de primeiras edições”, filosofa.

Muito além do invernoMUITO ALÉM DO INVERNO| Isabel Alende|Bertrand Brasil

No livro, em meio a uma nevasca no Brooklyn, aos 60 anos, Richard Bowmaster, um professor universitário, bate na traseira do carro de Evelyn Ortega, uma jovem imigrante ilegal da Guatemala. O que a princípio parecia apenas um pequeno incidente toma um rumo imprevisto e muito mais sério quando Evelyn aparece na casa do professor em busca de ajuda. Confuso com a situação e sem entender o espanhol falado pela jovem, ele pede ajuda a sua inquilina, Lucía Maraz, uma chilena de 62 anos, que está passando uma temporada nos Estados Unidos como palestrante na mesma universidade em que Richard dá aula. Juntas, essas pessoas tão diferentes embarcam em uma dramática e incrível aventura, que vai do Brooklyn do presente à Guatemala de um passado recente, do Chile dos anos 1970 ao Brasil dos anos 1980, e na qual descobrem sua força interior. Para Lucía e Richard, além de tudo, significa uma nova chance para o amor.

VELHO É LINDO|Mirian Goldenberg|Civilização BrasileiraVelho é lindo!

O envelhecimento da população brasileira e as transformações sociais consequentes deste processo dão o tom dos textos apresentados no livro, que investiga, por exemplo, como a manutenção do corpo jovem ainda é uma preocupação central das mulheres do país e como os brasileiros lidam com questões de gênero e sexualidade na terceira idade. Um dos artigos dedica-se exclusivamente a um estudo aprofundado sobre os idosos de Copacabana, bairro cuja maior parte dos moradores tem mais de 60 anos de idade. Por meio de diferentes perspectivas, os autores revelam que a velhice é uma fase da vida repleta de descobertas, de amizades, de liberdade e de quebra de paradigmas. O livro será lançado em maio pela Editora Civilização Brasileira.

Capa A livraria Mágica de Paris V3 MFA LIVRARIA MÁGICA DE PARIS| Nina George| Record

Monsieur Perdu tem uma livraria mágica. Um barco-livraria, na verdade, que fica ancorado no rio Sena. Ele tem a capacidade de identificar e recomendar o livro perfeito para cada pessoa e prescrever leituras para todas as dificuldades da vida. A única pessoa que ele parece não conseguir curar através da literatura é ele mesmo. Há anos ele sofre por um grande amor. A bela Manon roubou seu coração e, num belo dia, desapareceu enquanto ele dormia, deixando apenas uma carta (que ele nunca teve coragem de abrir). Mas, agora, 21 anos depois, ele é forçado a ler a mensagem… E tudo muda. Ele levanta âncora e parte em sua farmácia literária para fazer as pazes com o passado.