Em seus 78 anos, Record celebra com novidades para os leitores

12/12/2020 67 visualizações

O Grupo Editorial Record completa 78 anos com novidades para seus leitores e autores. A Record, fundada em 12 de dezembro de 1942, na Rua São José, no Centro do Rio, inaugurou um estúdio próprio para gravar o seu programa de variedades, A Casa do Livro, e outros conteúdos que vão aproximar os leitores e livreiros de seus livros e autores favoritos.

Neste aniversário brindamos ainda o leitor com duas novidades  boxes de três dos principais autores estrangeiros do nosso catálogo – Isabel Allende, Albert Camus e Gabriel García Márquez – e um selo exclusivo para lançar livros eletrônicos o e-stante.

Chegamos às 78 rotações com livros agraciados com alguns dos principais prêmios do país. Uma furtiva lágrima, de Nélida Piñon, venceu o Jabuti na categoria crônicas, O corpo interminável, de Claudia Lage, foi considerado o romance do ano pelo Prêmio São Paulo de Literatura 2020 e De quem é o comando, de Eduardo Matos de Alencar, ficou com o Prêmio Sergio Buarque de Holanda, da Biblioteca Nacional, pelo melhor ensaio social.

Com um catálogo composto por mais de 8 mil títulos e 4 mil autores, a Record é o maior conglomerado editorial da América Latina, uma empresa de capital totalmente nacional.