Funcionárias da Record falam sobre o que odeiam nos seus próprios corpos

5/10/2018 97 visualizações

Em “Pare de odiar”, a youtuber e jornalista Alexandra Gurgel fala sobre sua jornada em busca de aceitação e liberdade – um processo lento e constante de aprender a amar o próprio corpo e a conviver com ele. Mais do que isso, Alexandra expõe a engrenagem da sociedade machista que oprime as mulheres e faz com que elas se odeiem.

Ódio pode parecer uma palavra muito forte, mas é exatamente o que acontece. No vídeo acima, diversas mulheres do Grupo Editorial Record falam abertamente sobre o que odeiam em seus próprios corpos, e como se sentiriam se isso não acontecesse. Um pequeno spoiler pra você: todas dizem que se sentiriam mais livres!

Veja o vídeo abaixo e conte pra gente também a sua história de amor e ódio com seu corpo. “Pare de se odiar” já está nas livrarias.