Livros da Editora Galera Record entre os mais vendidos de 2020

11/12/2020 496 visualizações

Até o momento, a lista dos livros mais vendidos de 2020 divulgada recentemente pela revista Veja, demonstra o sucesso das obras de fantasia entre os leitores. Na categoria Infantojuvenil, a Editora Galera Record ganha destaque ocupando quatro de 20 posições da tabela divulgada pelo veículo. Sarah J. Maas e Holly Black são as autoras que deram vida para essas histórias.

Com mais de 150 mil exemplares vendidos em todo o Brasil, e 500 mil em todo o mundo, Sarah J. Maas aparece três vezes na lista. O seu livro melhor colocado é Corte de Espinhos e Rosas, em 7º lugar, que dá nome a série de sucesso do New York Times: em apenas uma semana de vendas, ela estreou na lista na segunda colocação. Agora, em formato de Box, a sequência figura a 20° posição da categoria. O sucesso de Maas, porém, não para por aí: Trono de Vidro, primeiro volume da série de nome homônimo – que já vendeu quase 300 mil exemplares – ocupa o 16º lugar. A obra já foi afamada como o Melhor Livro Jovem Adulto de Fantasia e Ficção Científica pelo Goodreads Choice Awards.

Considerada um dos nomes mais icônicos da fantasia para jovens adultos, Holly Black certamente não ficaria de fora. O príncipe cruel, primeiro livro de O Povo do Ar, foi o 10º mais vendido do ano em Infantojuvenil. Com personagens únicos e reviravoltas inesperadas, a trama conta a história de Jude, que aos sete anos foi forçada a viver no Reino das Fadas, após o assassinato dos seus pais. A trilogia ainda é composta por O rei perverso (vencedor do Goodread Choice Awards 2019) e o recente A rainha do nada.

Além da Editora Galera Record, outros selos do Grupo Editorial Record ficaram entre os 20 mais vendidos do ano, segundo a revista Veja. Na categoria Autoajuda e esoterismo, está O Milagre da Manhã – Diário, publicado pela Editora BestSeller; em Ficção, O Sol é Para Todos, da Editora José Olympio e, em Não Ficção, o clássico O Mito da Beleza, da Editora Rosa dos Tempos.