Livros inspiradores para empreender em 2021

7/01/2021 504 visualizações

Para começar 2021 com o pé direito, listamos livros inspiradores para quem deseja empreender (identificar um problema, uma oportunidade e desenvolver uma solução) ou apenas se inspirar e aprender. Através da sua experiência e vivências, Erika Linhares ensina a ser mais feliz e bem-sucedido no trabalho de maneira prática e mais aberta, sem mimimi em Gente feliz não enche o saco (Best-business), Alexandra Strommer Godoi ajuda nas escolhas em Escolher bem, escolher mal (Best-Seller), Pedro Salomão convida a refletir e viver o presente em Valor presente (Best-business), enquanto a historiadora e biógrafa Doris Kearns Goodwin analisa a liderança de quatro presidentes do Estados Unidos em Liderança em tempos de crise (Record).

Com essas dicas fica mais fácil criar um projeto que gere mudanças reais e impacte a vida das pessoas e um consequente resultado positivo na vida de cada um e para a sociedade.

Não é coincidência que muitos empresários bem-sucedidos tenham em sua trajetória histórias de dificuldades e sofrimento. A dor ensina. Mas será que é preciso esperar o sofrimento chegar para tomar uma titude e mudar a sua vida? Precisa esperar que alguém da sua família fique doente, que o seu chefe o demita, que tudo dê errado? Não, não precisa! Em Gente feliz não enche o saco, Erika Linhares ensina a prosperar e ser feliz no trabalho a partir de exemplos ao seu redor. A autora sabe o que as pessoas precisam aprender a fazer o certo e a ser produtivas nos ambientes corporativos, já que ela sempre se preocupou mais com o comportamento de sua equipe do que com a técnica.

Já Pedro Salomão convida em Valor presente a construir um futuro feliz e tranquilo, sem pressa, vivendo o presente para muitos que já pediram “pare o mundo que eu quero descer”. Atendendo a pedidos, o novo coronavírus fez o mundo parar. Não do jeito que imaginávamos, com uma nave passando e recolhendo só quem faz parte da nossa “bolha” e levando para um mundo melhor e mais feliz. Nesta fase em que estamos todos vulneráveis, o tempo que doamos ao outro se torna ainda mais precioso. Porém, é fundamental fazer bom uso desse tempo: não pedir que ele voe, tentar substituir a pressa pela velocidade. A velocidade é necessária para aprendermos cada dia mais com o novo. Sem a rapidez de abrir mão dos velhos conceitos, dos paradigmas, de tantas narrativas, seria impossível nos adaptarmos, explica o autor.

Economista e professora, Alexandra Strommer Godoi traz em Escolher bem, escolher mal, algumas lições para a hora da tomada de decisões. Ela ensina a desligar o piloto automático da mente e fazer escolhas com mais segurança e menos ansiedade. A autora vem analisando há anos o modo como nós fazemos escolhas nas diferentes áreas da vida e o que podemos fazer para tornar o processo de tomada de decisão mais fácil e escolher com mais sabedoria, sem cair em armadilhas inesperadas. Considerando que por trás de todas as nossas decisões existem processos mentais e psicológicos acontecendo e frequentemente fazemos escolhas inconscientes. Como, por exemplo, palavras que usamos, movimentos corporais, tarefas cumpridas por hábito e todas as decisões que tomamos sem fazer grandes reflexões.

E para liderar uma equipe? Os líderes já nascem prontos ou é possível se tornar líder ? Deseja respostas para essas perguntas e o resultado de cinquenta anos de estudo sobre a história presidencial norte-americana? Doris Kearns Goodwin, vencedora do Pulitzer, mostra em Liderança em tempos de crise (Record) como Abraham Lincoln, Theodore Roosevelt, Franklin D. Roosevelt e Lyndon B. Johnson reconheceram suas próprias qualidades de liderança e foram identificados como líderes pelos outros. Apesar das diferenças de contexto, habilidades e temperamentos, estes homens compartilhavam uma ambição e resiliência determinantes, que lhes permitiram superar as dificuldades mais incomuns. Essa obra de referência e de inspiração oferece um mapa acessível para líderes em qualquer área, tanto os que estão em treinamento quanto os estabelecidos no mercado.