Morre Aloy Jupiara, jornalista e apaixonado pelo carnaval

13/04/2021 289 visualizações

O Grupo Editorial Record lamenta a morte do jornalista Aloy Jupiara, autor de dois livros publicados pela Editora Record: “Deus tenha misericórdia dessa nação: A biografia não autorizada de Eduardo Cunha” e “Os Porões da Contravenção”. Este último livro foi fonte de consulta do documentårio “Doutor Casto”, para o qual Aloy foi entrevistado.

Aloy era um apaixonado por carnaval e por sua escola de samba de coração, o Imperio Serrano. Participou ativamente do processo que resultou no reconhecimento do samba do Rio como patrimonio imaterial do Brasil, em 2007.

Conhecido por seu semblante tranquilo e por estar sempre bem humorado, Aloy também trabalhou como repórter no jornal O Globo e como editor executivo do site do jornal e também do Extra, além de ter sido gerente de inovação digital. Atualmente era diretor de redação do O Dia.