A revolta da cachaça

Autor(es): Antonio Callado
Editora: José Olympio
Selecione o formato

R$34,90

354 em estoque

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Tempo de Entrega
Compartilhe:

Sinopse

Uma homenagem a Grande Otelo, a peça compõe o teatro negro de Antonio Callado ao lado de, entre outras, Pedro Mico Vito e Dadinha, um dramaturgo e sua esposa, ambos brancos, recebem a visita inesperada de Ambrósio, ator negro e antigo amigo do casal. O visitante leva um presente pouco comum, um tonel de cachaça para regar uma conversa cada vez mais confusa entre os três. Ambrósio tem um objetivo: convencer Vito a terminar a peça que o amigo dramaturgo lhe prometera e na qual seria protagonista. Incômoda, irônica e necessária ainda hoje pela atualidade das questões que apresenta, A revolta da cachaça aborda a situação do ator negro no Brasil.

Sobre o autor

Antonio Callado

Nascido em Niterói, Antônio Carlos Callado (1917-1997) começou a escrever em jornais ainda jovem. Apesar de formado em Direito, nunca exerceu a profissão. Trabalhou em jornais cariocas como O Globo, Jornal do brasil e Correio da Manhã, onde foi redator-chefe entre 1954-1960. Foi responsável por chefiar a equipe que elaborou a primeira edição da Enciclopédia Barsa, publicada em 1963. Em 1974, foi professor nas Universidade de Cambridge, na Inglaterra, e Columbia, nos Estados Unidos. Em 1975, largou o jornalismo para se dedicar à literatura, onde havia estreado em 1951 escrevendo peças teatrais. Contrário ao regime militar, foi preso duas vezes durante o período pelo lado políticos de seus romances. Em 1994, foi admitido para a cadeira 8 da Academia Brasileira de Letras.

Características

  • ISBN: 978-85-03-01266-9
  • Formato: Brochura
  • Altura: 18cm
  • Largura: 12cm
  • Profundidade: 1cm
  • Lançamento: 19-01-2016
  • Páginas: 124
Gêneros: