Oferta!
 

A roda do vento

Autor(es): Nélida Piñon
Editora: Galera
  • Brochura R$42,90 R$14,90

R$42,90 R$14,90

479 em estoque

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Tempo de Entrega
Compartilhe:

Sinopse

A Roda do Vento, conta a história de Tia Gênia, ela mesma uma contadora de histórias, que vive se abstraindo da realidade e da mesmice da cidadezinha de Catavento. Entre sua platéia cativa, o casal de sobrinhos Beijinho e Tarzan. A caminho da Europa, para as férias, as crianças sentem falta da imaginação da tia, senhora de suas fantasias. A solução é criar um barco imaginário, batizado em sua homenagem. Um veleiro de idéias que os leva em busca de respostas para mistérios como, por exemplo, onde mora o vento? Intrigados com seu sumiço, quando deixa de agitar as folhas da pequena Catavento, os irmãos, com a ajuda dos amigos Baguinho, Ana e Caó, querem saber onde ele descansa. E que outras terras abana nesse meio tempo. Para isso, embarcam em uma aventura narrativa que os liberta e emancipa por meio da palavra e da imaginação ao permitir que tracem os rumos da história que passam a narrar. Ricamente ilustrado pelo artista plástico e também escritor Maurício Veneza, A Roda do vento é uma história sobre o prazer da leitura, a familiaridade das palavras e o conforto da narrativa. Mais uma prova do inegável talento dessa Sherazade nacional.

Sobre o autor

Nélida Piñon

Nélida Piñon estreou em 1961 com o romance Guia-mapa de Gabriel Arcanjo. É catedrática da Universidade de Miami desde 1990, havendo sido escritora-visitante das universidades de Harvard, Columbia, Johns Hopkins e Georgetown. Recebeu os prêmios brasileiros Golfinho de Ouro, Mário de Andrade e Jabuti — este, de melhor romance e livro de ficção de 2005, por Vozes do deserto. E os internacionais Juan Rulfo, do México; Jorge Isaacs, da Colômbia; Gabriela Mistral, do Chile; Rosalía de Castro, e Menéndez Pelayo, da Espanha. Em 2005, pelo conjunto de sua obra, recebeu o importante Príncipe de Astúrias. É doutora honoris causa das universidades Poitiers, Santiago de Compostela, Rutgers, Florida Atlantic, Montreal e UNAM. Em 1990, foi empossada como imortal pela Academia Brasileira de Letras e, em 1996, por ocasião do centenário da Academia, tornou-se a primeira mulher a presidi-la. Em 2012, foi nomeada Embaixadora Ibero-Americana da Cultura.

Características

  • ISBN: 978-85-01-09217-5
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 21cm
  • Largura: 14cm
  • Profundidade: 0.7cm
  • Lançamento: 01-01-1970
  • Páginas: 96