A ronda das estações

Autor(es): Kâlidasa
Editora: José Olympio
Coleção: Rubáiyát
  • Brochura R$44,90 R$40,50

R$40,50

Compartilhe:


Sinopse

Com ilustrações e diagramação similares à primeira edição de 1944, A ronda das estações faz parte da reedição da Coleção Rubáiyát e conta com tradução de Lúcio Cardoso, um dos maiores romancistas do século XX.

 

Em A ronda das estações (Ritusamhâra), escrito no século V, Kâlidâsa aproxima natureza e prazeres sensuais, revelando como o amor apaixonado se reacende e se transforma com a chegada de cada nova estação. O lirismo e a paixão perpassam todo o texto. O poema erótico provavelmente foi escrito na juventude do autor, que é conhecido como um dos maiores escritores sânscritos de todos os tempos.

A tradução é de Lúcio Cardoso, um dos mais importantes escritores e poetas brasileiros. Nascido em Curvelo (MG) em 1912, é autor do prestigiado romance Crônica da casa assassinada. Traduziu diversas obras para a Editora José Olympio, incluindo Ana Karenina, de Leon Tolstói, e Orgulho e preconceito, de Jane Austen. Em 1966, recebeu o Prêmio Machado de Assis pelo conjunto de sua obra. Faleceu em 1968, no Rio de Janeiro (RJ).

A ronda das estações faz parte da reedição de títulos da Coleção Rubáiyát em comemoração pelo ano do 90° aniversário da José Olympio, uma das editoras pioneiras e mais inovadoras do país. Essa publicação devolve aos leitores e leitoras de hoje a oportunidade de conhecer a histórica coleção – composta de grandes clássicos orientais e ocidentais.

Sobre o autor

Kâlidasa
Kâlidasa

Kâlidâsa, poeta e dramaturgo que viveu durante o século V, é um dos maiores escritores indianos de todos os tempos. A crítica literária identifica seis livros como genuínos: os dramas Abhijnanashakuntala [O reconhecimento de Shakuntala], Vikramōrvaśīyam [Urvashi ganhou por valor] e Mālavikāgnimitram [Mālavikā and Agnimitra], e os poemas épicos Raghuvaṃśa [Dinastia de Raghu] e Kumārasambhava [Nascimento de Kumara], além do lírico Meghadūta [Mensageiro da nuvem]. A ronda das estações (Ṛtusaṃhāra) é um poema erótico atribuído a Kâlidâsa, e provavelmente foi escrito em sua juventude.

Características

  • ISBN: 978-65-5847-043-4
  • Título Original: Ritusamhâra
  • Tradutor: Lúcio Cardoso
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 18cm
  • Largura: 12cm
  • Profundidade: 0.7cm
  • Páginas: 96