Asterix e a Transitálica (Nº 37 As aventuras de Asterix)

  • Quadrinhos R$39,90

R$39,90

Compartilhe:


Sinopse

Asterix e Obelix estão de volta em Asterix e a Transitálica, o álbum número 37 dos irredutíveis gauleses  assinado pelos talentosos Jean-Yves Ferri e Didier Conrad.

 

Apesar do que Obelix possa pensar, os itálicos, habitantes de Itália, não são todos romanos, pelo contrário! Assim como os irredutíveis gauleses, os itálicos pretendem preservar a sua autonomia e veem com maus olhos as veleidades de conquista de Júlio César e das suas legiões. Para acalmar os ânimos, César decide promover uma corrida de bigas com representantes de todo o Império. Mas, como não podia deixar de ser, o monarca quer que um romano vença. É uma tarefa fácil para quem tem o senado no bolso. Com a ajuda de um senador inescrupulos, César tenta forçar a vitória do corredor mascarado, Coronavírus. Mas nossos heróis têm outras ideias.

Famosos pelas suas numerosas viagens através do Mundo Conhecido, Asterix e Obelix embarcam, desta vez, em uma aventura emocionante à descoberta de uma Itália surpreendente e antiga!

 

Criada pela dupla Albert Uderzo e René Goscinny, a primeira história das Aventuras de Asterix, O Gaulês foi publicada na página da 20 da revista Pilote em 1959. A história dos Irredutíveis Gauleses foi um sucesso imediato e a revista vendeu mais de 300mil exemplares. Tamanha popularidade rendeu, em 1961, a publicação do primeiro álbum solo: Asterix, o Gaulês. Desde então, Asterix não para de crescer: são mais de 30 álbuns traduzidos para 107 idiomas, mais de 10 filmes e um parque temático! As aventuras de Asterix são publicadas no Brasil pela Editora Record desde 1980.

 

“Uderzo faz parte do seleto grupo de artistas de quadrinhos que criou um visual único e plenamente reconhecível para um grupo de personagens. As roupas, cabelos, barbas e bigodes dos gauleses são uma marca registrada. Num imaginário hall da fama de HQ, teriam lugar entre os garotos cabeçudos de Mauricio de Sousa e o icônico uniforme do Homem-Aranha criado por Steve Ditko.” – Thales de Menezes para Folha de S.Paulo

“A popularidade duradoura do Asterix intrigou os críticos por décadas, mesmo quando a série ultrapassou a marca de 380 milhões de livros, foi traduzida para 111 idiomas e gerou dezenas de adaptações em várias mídias. Na França, Asterix é um ícone precioso, o sucesso mundial que é uma fonte de orgulho nacional.” – NPR

“Pode ter mais de cinquenta anos de idade, mas, mesmo assim, ainda é muito engraçado.” – The Week Junior

Sobre o autor

Albert Uderzo
Albert Uderzo

Albert Uderzo nasceu em Fismes no dia 25 de abril de 1927. Desde o jardim de infância, manifestou uma espantosa aptidão para o desenho. Totalmente autodidata, enchia os cadernos escolares com esboços surpreendentes (entre eles, alguns de colunas romanas!). Apaixonado pelos heróis de Walt Disney, sonhava trabalhar na indústria dos filmes de animação.

No início dos anos 1940, começou a trabalhar para diversas revistas, criando e desenhando novos heróis. Numa manhã de 1951, Uderzo foi informado sobre a vinda de um novo colega, chamado “Gossini”. Ao ouvir este nome, as raízes italianas de Albert entraram em ebulição. “Não, o nome dele escreve-se GOSCINNY. É francês e vem dos Estados Unidos.” Nasceu uma excepcional amizade.

No dia 29 de outubro de 1959, o número 1 da Pilote apresentou, na página 20, a primeira tirinha das Aventuras de Asterix, o Gaulês. O sucesso foi imediato: mais de 300 mil exemplares vendidos no primeiro dia!

Durante algum tempo, os dois autores continuaram algumas séries, individualmente ou em conjunto. Mas a partir do álbum O escudo arverno, Albert Uderzo decidiu dedicar-se exclusivamente ao pequeno herói gaulês.

Em 1977, com a morte de Goscinny, aos 51 anos, Uderzo decidiu continuar o projeto sozinho. Em sessenta anos, Asterix tornou-se um fenômeno mundial, com mais de 30 álbuns traduzidos para 107 línguas, filmes e um parque temático com o seu nome.

Albert Uderzo faleceu no dia 24 de março de 2020 em Neuilly-sur-Seine.

René Goscinny
René Goscinny

René Goscinny nasceu em Paris, em 14 de agosto de 1926. Em 1928, a família Goscinny se mudou para a Argentina, onde Goscinny passa a estuda no liceu francês de Buenos Aires. Apaixonado pela escrita e pelo grafismo, descobriu muito cedo a literatura e, depois, os quadrinhos.

Nos anos 1940, após algumas experiências sem futuro, tornou-se desenhista assistente numa agência de publicidade, partindo depois para Nova Iorque a convite de um tio. Mais tarde, já em Bruxelas, foi contratado por um uma agência de notícias e recebeu sua primeira missão: ir a Paris buscar ilustrações de um tal Albert Uderzo. Os dois homens tornam-se inseparáveis! Juntos, multiplicam projetos. Muitos heróis nascem desta colaboração, entre os quais Humpá-pá, considerado por muitos como um herói precursor de Asterix.

No dia 29 de outubro de 1959, o número 1 da Pilote apresentou, na página 20, a primeira tirinha das Aventuras de Asterix, o Gaulês. O sucesso foi imediato: mais de 300 mil exemplares vendidos no primeiro dia!

Goscinny passou a colaborar em muitas histórias em quadrinhos: em Asterix, obviamente, mas também Iznogoud , O Menino Nicolau, Lucky Luke, Valentin, Les Dingodossiers.

Asterix tornou-se um fenômeno mundial, com mais de 30 álbuns traduzidos para 107 línguas, filmes e um parque temático com o seu nome.

René Goscinny faleceu no dia 5 de novembro de 1977, em Paris.

Didier Conrad
Didier Conrad

Didier Conrad nasceu em 6 de maio de 1959 na cidade de em Marselha. No começo da década de 1980, tornou-se conhecido por sua série Les Innommables. Em 10 de outubro de 2012 foi anunciado como sucessor de Albert Uderzo para assumir a publicação de Asterix juntamente com o escritor Jean-Yves Ferri. A dupla é responsável pela história dos gauleses desde a publicação do álbum nº 35, Asterix entre os Pictos.

Jean-Yves Ferri
Jean-Yves Ferri

Jean-Yves Ferri nasceu em 20 de abril de 1959 na cidade de Argel. É roteirista de histórias em quadrinhos e escritor, tendo publicado mais de 10 obras e recebido o Grand Prix de L’Humour Noir (2005) e o Prix Jacques Lob (2008). Em 10 de outubro de 2012 foi anunciado para assumir a publicação de Asterix juntamente com o desenhista Didier Conrad. A dupla é responsável pela história dos gauleses desde a publicação do álbum nº 35, Asterix entre os Pictos.

Características

  • ISBN: 978-65-5981-016-1
  • Título Original: Astérix et la Transitalique
  • Tradutor: Gilson Dimenstein Koatz
  • Ilustrador: Didier Conrad
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto; Imagens
  • Altura: 28cm
  • Largura: 21cm
  • Profundidade: 0.5cm
  • Lançamento: 13-09-2021
  • Páginas: 56
  • Volume: 37