Oferta!
 

Delírio do poder

Psicopoder e loucura coletiva na era da desinformação

Autor(es): Marcia Tiburi
Editora: Record
  • Brochura R$44,90 R$38,10

R$44,90 R$38,10

Em estoque

Compartilhe:

Sinopse

Como sobreviver à paranoia delirante que assola o país

As eleições de outubro de 2018 apareceram como possibilidade de mudança para grande parte da sociedade brasileira. Mas o discurso que enaltecia a ética e repudiava a corrupção e a política levou ao poder um Estado autoritário, machista, conservador e corrupto, comandado por homens brancos e ricos.

Esse foi o resultado da primeira eleição no país movida a notícias falsas, ausência de debate e incitação à violência. Os votos, amplamente motivados por raiva, desilusão, ódio de classe e disputas, foram alimentados não apenas pela grande mídia. Pela primeira vez, as redes sociais e seu exército de robôs e de robotizados foram decisivos para a vitória nas urnas.

Em Delírio do poder: psicopoder e loucura coletiva na era da desinformação, Marcia Tiburi analisa discursos e ferramentas que, de modo sub-reptício, passaram a interferir na percepção da sociedade em relação a fatos políticos – pessoais e públicos. Sua candidatura ao governo do estado do Rio de Janeiro pelo Partido dos Trabalhadores (PT) favoreceu seu contato com a realidade e com o delírio da política partidária, que são o ponto de partida, mas não o fim, de suas reflexões.

A filósofa trata de questões urgentes, como a fascinação da sociedade brasileira por um grupo que governa contra o interesse da própria sociedade, entregando as riquezas nacionais – os cidadãos, a cultura e os recursos naturais – aos desmandos do capital global. Delírio do poder reafirma que, com boa-fé e consciência crítica, é possível construir uma realidade boa para todos.

Sobre o autor

Marcia Tiburi

Marcia Tiburi estudou artes e filosofia. É autora de obras importantes para o pensamento crítico contemporâneo, tais como Feminismo em comum: para todas, todes e todos (Rosa dos Tempos), Ridículo político: uma investigação sobre o risível, a manipulação da imagem e o esteticamente correto (Record) e Como conversar com um fascista: reflexos sobre o cotidiano autoritário brasileiro (Record). Participou das eleições de 2018 como candidata a governadora do estado do Rio de Janeiro, pelo Partido dos Trabalhadores (PT). É colunista da Revista CULT.

Características

  • ISBN: 978-85-01-11651-2
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 23cm
  • Largura: 15.6cm
  • Profundidade: 1.3cm
  • Lançamento: 08-04-2019
  • Páginas: 252