Oferta!
 

Deus tenha misericórdia dessa nação

A biografia não autorizada de Eduardo Cunha

Editora: Record
  • Brochura R$49,90 R$42,40

R$49,90 R$42,40

Em estoque

Compartilhe:

Sinopse

Na sessão que aprovaria o prosseguimento do processo de impeachment de Dilma Rousseff em 17 de abril de 2016, Eduardo Cunha rogou: “Que Deus tenha misericórdia dessa nação.” Mas ele não receberia misericórdia da lei dos homens.

A ascensão e a queda do ex-presidente da Câmara são elementos fundamentais à compreensão de uma época em que o jogo político caiu num profundo e escuro poço de transações, corrupção e traições que, mesmo não sendo novidade no cenário brasileiro, acentuaram-se e vieram à tona de maneira dramática. Esse jogo atirou o país à beira de uma crise institucional. E teve em Cunha um personagem central: manipulador, ambicioso, sem limites.

Eduardo Cunha emergiu na cena política no governo de Fernando Collor de Mello, nos anos 1990, como presidente da Telerj (Telecomunicações do Rio de Janeiro S/A), estatal telefônica, outro momento de grave instabilidade e corrosão das estruturas e relações políticas, fraturas abertas pela corrupção endêmica. É um personagem complexo, reflexo de uma maneira de fazer política, de decifração desafiadora, cuja trajetória pública dá corpo e caráter à história de impunidade no Brasil.

Para revelar a história de Eduardo Cunha, os jornalistas Aloy Jupiara e Chico Otavio fizeram dezenas de entrevistas, mergulharam em documentos e processos, aprofundaram-se na leitura de livros, estudos e reportagens e tiveram acesso a informações exclusivas. O retrato que entregam neste impactante livro-reportagem é uma aula de jornalismo, com volume impressionante de informações, inclusive (muitas) inéditas, consequência de uma apuração e investigação meticulosa.

Neste Deus tenha misericórdia desta nação, os autores preenchem uma lacuna fundamental à compreensão do país nos últimos vinte anos: de por que mergulhamos em tão profunda depressão política.

Sobre o autor

Aloy Jupiara
Aloy Jupiara

Aloy Jupiara é jornalista, formado na Escola de Comunicação (ECO) da UFRJ. De 1987 a 2000, trabalhou como repórter, coordenador e subeditor de Rio e Nacional/Política do jornal O Globo. Entre 2001 e 2004, foi editor do site do jornal. Em 2009, liderou a equipe que criou o site do jornal Extra. É gestor de projetos digitais para mídia.

Chico Otavio
Chico Otavio

Chico Otavio é repórter do jornal O Globo e professor de jornalismo na PUC-Rio. Iniciou a carreira em 1985, noÚltima Hora, passou pela sucursal do Rio do Grupo Estado, produzindo reportagens para O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde e Agência Estado, e, em 1997, transferiu-se para O Globo, cobrindo Política. Ganhou sete vezes o Prêmio Esso.

Características

  • ISBN: 978-85-01-11795-3
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto; Fotografias
  • Altura: 23cm
  • Largura: 15.6cm
  • Profundidade: 2cm
  • Lançamento: 22-10-2019
  • Páginas: 364