Foto Dialogando com a própria história
Foto Dialogando com a própria história
Capa Dialogando com a própria história
4ª capa Dialogando com a própria história
 

Dialogando com a própria história

Selecione o formato

R$49,90

109 em estoque

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Tempo de Entrega
Compartilhe:

Sinopse

Dialogando com a própria história é o registro de encontros de pessoas dispostas a falar e a ouvir, e um convite a entrar na conversa. Diria também que é uma oportunidade de reconhecimento na vida do interlocutor. Paulo Freire e Sérgio Guimarães abordam contextos políticos e culturais por eles vividos, tendo como ponto de partida a ditadura no Brasil. O nomadismo involuntário por que tiveram de passar, devido a questões políticas, se torna também uma possibilidade de “aprendizagem do mundo” e de encontro com o “outro”. O diálogo iniciado em Genebra apresenta elementos da história contemporânea com a significação de quem os vivenciou, exercício concreto de um conceito-chave de Paulo Freire, o de sujeito da história. Se reconhecer como sujeito da história é exercício político e pedagógico de extrema importância e é inquestionável o impacto dessa noção nos países que passaram por ditaduras. Eles têm como perspectiva a política participativa e a educação dialógica, comprometida com a emancipação dos marginalizados frente aos mecanismos de exclusão e controle. Não apenas a teorizam e a praticam, como lhe creditam destaque nas transformações das sociedades pós-regimes totalitários. Os dois sabem que a memória segue caminhos não lineares. A conversa entre eles parece não ter fim e instiga para além das páginas impressas. Poderíamos lê-los apenas por suas memórias, no entanto, a provocação de ser exporem assim é mais radical. Sutilmente eles nos convidam às nossas memórias, estimulando que outras histórias venham à tona. Assim os sujeitos anônimos podem se tornar sujeitos visíveis, o que faz com que os diálogos entre os autores, e com eles, continuem mundo afora. Marcos Reigota

Sobre o autor

Paulo Freire

Paulo Freire, um dos maiores intelectuais brasileiros do século XX, elaborou uma teoria ou, como ele mesmo preferia dizer, “uma certa compreensão ético-crítico-política da educação”, que tem como uma de suas bases o diálogo que possibilita a conscientização com o objetivo de formar cidadãos da práxis progressista, transformadores da ordem social, econômica e política injusta.

Sérgio Guimarães
Sérgio Guimarães

Características

  • ISBN: 978-85-7753-187-5
  • Formato: Brochura
  • Altura: 21cm
  • Largura: 14cm
  • Profundidade: 2cm
  • Lançamento: 31-03-2013
  • Páginas: 160
Gêneros: