FILOSOFIA E CIRCUNSTÂNCIAS

  • Brochura R$77,90

R$77,90

4 em estoque

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Tempo de Entrega
Compartilhe:

Sinopse

Um dos mais respeitados filósofos da atualidade, Adolfo Sanchez Vázquez comprova em FILOSOFIA E CIRCUNSTÂNCIAS a importância vital da filosofia. FILOSOFIA E CIRCUNSTÂNCIAS é uma coletânea de textos publicados em jornais e em livros, já esgotados, escritos nas décadas de 1970, 1980 e 1990. Uma grande diversidade de temas e abordagens está reunida na obra, como a história humana aos olhos da filosofia, filósofos de língua espanhola e a prática da filosofia no mundo atual. O livro é dividido em cinco partes: Da filosofia, composta por textos nos quais a principal preocupação é a filosofia e seus meandros, como fazer e usar a filosofia, sua relação com ideologia, sociedade e história; Filosofia e práxis, na qual o autor explicita sua posição filosófica, analisa o conceito de revolução filosófica e as mudanças ocorridas no mundo da filosofia a partir do pensamento de Kant; Alguns temas, trata de temas relacionados com a finalidade e a causalidade, a estrutura na história real e a identidade como mito e realidade; a quarta parte, Da filosofia de nosso tempo, discute alguns problemas da prática filosófica como o debate modernidade/ pós-modernidade e as ameaças atuais à razão; enfim, em De filósofos próximos, o autor traça uma breve biografia de oito filósofos espanhóis, Joaquín Xirau, Manuel Sacristán, Carlos Pereyra, Leopoldo Zea, Eli de Gortari, Eduardo Nicol, Juliana González e Alejandro Rossi. Ao longo de todo o livro, o filósofo tem uma clara preocupação em fazer da filosofia não tanto um saber rigoroso quanto vital. Adolfo Sánchez Vázquez apresenta como epílogo de FILOSOFIA E CIRCUNSTÂNCIAS um texto destinado justamente a revelar como o filosofar se entretece com a própria vida, ao colocá-lo a serviço de um projeto de transformação de um mundo que, por ser injusto, não deve ser aceito. FILOSOFIA E CIRCUNSTÂNCIAS é um compêndio para quem deseja saber mais sobre as questões suscitadas pela filosofia contemporânea, como ela atinge a vida de cada pessoa e como poderá ser colocada a serviço de um projeto de transformação do mundo. Adolfo Sánchez Vázquez, nascido em Cádiz, Espanha, em 1915, estudou filosofia e letras na Universidade Central de Madri. Ao terminar a guerra civil, em 1938, exilou-se no México, onde prosseguiu os estudos e doutorou-se em filosofia em 1966. É catedrático de Estética e Filosofia Política na Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade Nacional Autônoma do México. Recebeu o título de Doutor Honoris Causa pelas universidades mexicanas de Puebla e Nuevo León, e as espanholas de Cádiz e UNED. É autor, entre outros títulos, de Ética, Convite à estética, Entre a realidade e a utopia, Filosofia da práxis, As idéias estéticas de Marx e Ciência e revolução.

Sobre o autor

Foto de Adolfo Sánchez Vázquez
Adolfo Sánchez Vázquez

Adolfo Sánchez Vázquez (1915–2011) foi importante filósofo espanhol, notadamente nas áreas de ética, estética, filosofia política e filosofia contemporânea, radicado no México desde 1939. Professor emérito na Universidad Nacional Autónoma de México, recebeu diversos títulos doutor honoris causa, a Gran Cruz de la Orden Civil de Alfonso X el Sabio, do rei da Espanha, e o Premio Universidad Nacional na área de pesquisa em ciências humanas. Suas obras foram traduzidas em vários idiomas. Ética é publicado no Brasil pela Civilização Brasileira desde 1970.

Características

  • ISBN: 978-85-200-0603-0
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 21cm
  • Largura: 14cm
  • Profundidade: 2cm
  • Lançamento: 09-07-2002
  • Páginas: 512
Gêneros: