capa Imigrante ideal
 

Imigrante ideal

O Ministério da Justiça e a entrada de estrangeiros no Brasil (1941-1945)

Selecione o formato

R$77,90

189 em estoque

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Tempo de Entrega
Compartilhe:

Sinopse

Até a década de 1930, a imigração era considerada indispensável ao Brasil, para suprir a carência de mão de obra e ajudar no processo de povoamento do território de dimensão continental. No entanto, após a Segunda Guerra Mundial a política migratória mudaria, seguindo a tendência que vinha dos Estados Unidos de tentar restringir a entrada de estrangeiros, principalmente de idosos e deficientes, sob a argumentação de que era fundamental promover a “eugenia de nossa gente a saúde do nosso povo”. O governo assumiu uma política nacionalista de controle, que resultou num sistema autoritário repleto de preconceitos étnicos, religiosos e culturais, permitindo que parte de seus altos funcionários se tornassem verdadeiros “porteiros do país”. Koifmann, nesta obra amplamente documentada e de pesquisa exemplar, traz a público o que se passou no Brasil da ditadura de Vargas, revelando detalhes a respeito da natureza sombria do Estado Novo.

Sobre o autor

Fabio Koifman
Fabio Koifman

Características

  • ISBN: 978-85-200-1026-6
  • Formato: Brochura
  • Altura: 23cm
  • Largura: 16cm
  • Profundidade: 2.5cm
  • Lançamento: 27-08-2012
  • Páginas: 446