O homem que calculava

Autor(es): Malba Tahan
Editora: Record
  • Brochura R$49,90

R$49,90

5 em estoque

Compartilhe:

Sinopse

Um livro envolvendo matemática e que vem sendo consumido com rara avidez há gerações.

A matemática recreativa apresentada no livro é, certamente, menos dolorosa que a fria e doutoral ensinada nos colégios. Malba Tahan (pseudônimo do professor Júlio César de Mello e Souza) conseguiu realizar quase que um milagre, uma mágica: unir ciência e ficção e acertar. Seu talento e sua prodigiosa imaginação são capazes de criar personagens e situações de grande apelo popular, o que explica seu imenso sucesso.
O homem que calculava é uma oportunidade para os aficionados dos algarismos e jogos matemáticos se deliciarem com os vários capítulos lúdicos da obra. Tahan narra a história de Bereniz Samir, um viajante com o dom intuitivo da matemática, manejando os números com a facilidade de um ilusionista. Problemas aparentemente sem solução tornam-se de uma transparente simplicidade quando expostos a ele. Gráficos facilitam ainda mais a leitura do livro. Uma pequena obra-prima da literatura infanto-juvenil.

Sobre o autor

Malba Tahan
Malba Tahan

Malba Tahan, pseudônimo do professor de matemática Júlio César de Mello e Souza, é autor de mais de 15 livros sobre os costumes e lendas do povo árabe. O Homem que Calculava — um clássico brasileiro, já
traduzido para o inglês e espanhol — mantém o valor pedagógico comum a toda a obra de Malba Tahan, que,
sem perder o clima de aventura e romance da terra das mil e uma noites, ensina matemática por meio da ficção.

Características

  • ISBN: 978-85-01-06196-6
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 21cm
  • Largura: 14cm
  • Profundidade: 1.7cm
  • Lançamento: 05-10-2001
  • Páginas: 288