O martelo das feiticeiras (edição de bolso)

  • Livro de Bolso R$54,90

R$54,90

Em estoque

Compartilhe:

Sinopse

Edição de bolso do clássico que descreve como era realizada a caça às bruxas no século XIII. Publicado originalmente em 1487, na Alemanha, O martelo das feiticeiras foi compilado pelos inquisidores Heinrich Kramer e James Sprenger e é um dos tratados mais importantes já escritos sobre a caça às bruxas. Apesar de ter sido condenado pela Igreja Católica, o livro continuou sendo editado e durante três séculos foi a bíblia de inquisidores por muitas partes da Europa, tendo contribuído para a repressão e morte de mais de 100 mil mulheres. Um documento histórico de grande valor que mostra as consequências de uma das mais terríveis épocas da humanidade, as condenações do Santo Ofício e o cenário europeu do século XV. O martelo das feiticeiras divide-se em três partes: a primeira discursa aos juízes, ensinando-lhes a reconhecer as bruxas em seus múltiplos disfarces e atitudes. A segunda expõe todos os tipos de malefícios, classificando-os e explicando-os. A terceira regrava as formalidades para agir “legalmente” contra as bruxas, demonstrando como inquiri-las e condená-las.

Obra essencial para compreender uma parte terrível e importante da história da humanidade e o quanto ela nos afeta até hoje.

Sobre o autor

Heinrich Kramer
Heinrich Kramer

Heinrich Kramer foi um religioso e inquisidor alemão. Juntou-se à Ordem dos Pregadores ainda jovem, e foi indicado para a posição de inquisidor por volta de 1474. Solicitou ao papa Inocêncio VIII permissão para investigar e punir atos de bruxaria na Alemanha, e a bula papal emitida em resposta serviu como legitimação para que ele escrevesse O martelo das feiticeiras.

James Sprenger
James Sprenger

James Sprenger foi um monge dominicano que foi chamado pelo Papa Inocêncio VIII, juntamente com Heinrich Kraemer, para uma missão pelo norte da Europa, buscando evidências de pactos satânicos nos cidadãos comuns.

Características

  • ISBN: 978-85-7799-416-8
  • Título Original: Malleus Maleficarum
  • Tradutor: Paulo Froés
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 18cm
  • Largura: 12cm
  • Profundidade: 2.1cm
  • Lançamento: 26-05-2015
  • Páginas: 544