O menino mágico

Editora: José Olympio
  • Brochura R$59,90

R$59,90

Lançamento: 29-06-2022
Compartilhe:


Sinopse

As aventuras e brincadeiras empolgantes de um menino mágico, chamado Daniel, são narradas de um jeito especial por Rachel de Queiroz em O menino mágico.

 

Daniel era mágico, e aprendeu mágica, assim: de repente. Primeiro, ele percebeu mudanças misteriosas: dormiu em um quarto e acordou em outro… Depois, fez um ovo virar pintinho… e a cama se tornar avião!

Daniel se impressionava, mas decidiu não contar seu segredo a ninguém… Quer dizer, falou só para seu primo Jorge, o garoto mais inteligente de todos.  Afinal, eles eram melhores amigos e companheiros de aventuras!

“Faz de conta que…” são as poderosas palavras do menino mágico que transformam poesia em realidade e a realidade em poesia. Encantamentos, amizade, família, coragem e uma boa dose de confusão são os ingredientes deste que foi o primeiro livro infantil da grande escritora Rachel de Queiroz, a primeira mulher a entrar na Academia Brasileira de Letras.

O menino mágico conta as histórias de Daniel e seu primo Jorge, o garoto mais inteligente de todos, em aventuras pelo Rio de Janeiro. É o primeiro livro infantojuvenil de Rachel de Queiroz, a primeira mulher a entrar na Academia Brasileira de Letras, e retorna agora com as ilustrações de Mayara Lista, vencedora do Troféu HQMix, o Oscar dos quadrinhos no Brasil, na categoria acadêmica. Menino mágico foi vencedor do Prêmio Jabuti de livro infantojuvenil e selecionado pela Unesco como o que há de melhor na literatura para jovens.

Venha brincar de “Faz de conta que…” com os dois meninos!

Sobre o autor

Rachel de Queiroz

Rachel de Queiroz nasceu no dia 17 de novembro de 1910 em Fortaleza, Ceará. Ainda não havia completado 20 anos quando publicou uma modesta tiragem de O Quinze, seu primeiro romance. Mas tal era a força de seu talento que o livro despertou imediata atenção da crítica de todo o Brasil. Em 1931 mudou-se para o Rio de Janeiro, mas nunca deixou de passar parte de seu tempo em sua fazenda no sertão cearense. Rachel se dedicou ao jornalismo, atividade que exerceu paralelamente à sua produção editorial. Primeira escritora a integrar a Academia Brasileira de Letras (1977), Rachel de Queiroz morreu no Rio de Janeiro, aos 92 anos, em 4 de novembro de 2003. Cronista e romancista primorosa, escreveu peças teatrais e livros infantis. Da autora, a José Olympio reeditou recentemente O Quinze, João Miguel, As três Marias, Caminho de pedras, Memórias de menina,O galo de ouro, Memorial de Maria Moura, Um alpendre, uma rede, um açude e Lampião/A Beata Maria do Egito.

Características

  • ISBN: 978-85-030-1188-4
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto; Imagens
  • Altura: 20.5cm
  • Largura: 13.5cm
  • Profundidade: 0.8cm
  • Lançamento: 29-06-2022
  • Páginas: 112