O nome da rosa

Autor(es): Umberto Eco
Editora: Record
  • Brochura R$94,90 R$47,45

R$47,45

Compartilhe:


Sinopse

O primeiro romance de Umberto Eco, O nome da rosa é vencedor do Prêmio Strega e foi listado pelo Le Monde como um dos mais importantes do século XX. Essa edição revisada tem novo projeto gráfico e conta com um glossário com a tradução dos termos em latim.

 

É impossível pensar em O nome da rosa sem considerar seu extraordinário sucesso global, tanto para a crítica quanto para o público. Trata-se de um desses raros fenômenos editoriais, um best-seller literário que transcende as fronteiras linguísticas.

Esse é o primeiro romance de Umberto Eco, um dos mais importantes teóricos da comunicação de massa do século XX. O autor utiliza um roteiro policial, no estilo de Conan Doyle, que se desenvolve na última semana de novembro de 1327, em um mosteiro franciscano da Itália medieval.

Neste mosteiro, paira a suspeita de heresia, e para a investigação é enviado o frei Guilherme de Baskerville. Porém, a delicada missão é interrompida por sete excêntricos assassinatos. A morte, em circunstâncias insólitas, de sete monges em sete dias e sete noites conduz uma narrativa violenta, que encanta pelo humor e pela crueldade, pela malícia e pela sedição erótica.

Esses crimes fazem frei Guilherme atuar como detetive. Ele busca provas, decifra símbolos secretos e manuscritos em códigos e trabalha arduamente no misterioso labirinto que é o mosteiro onde eventos extraordinários ocorrem durante a madrugada.

Um sucesso espetacular, O nome da rosa não apenas é uma narrativa de investigação de crimes mas também uma fascinante crônica sobre a Idade Média. Essa edição, revisada pela consagrada tradutora Ivone Benedetti, contém uma atualização da biografia de Umberto Eco, uma nota de revisão e um glossário com a tradução dos termos em latim utilizados pelo autor.

 

“O impulso narrativo que move a história é irresistível.” The New York Times

Sobre o autor

Umberto Eco

Umberto Eco (Alexandria, 1932 − Milão, 2016) foi filósofo, medievalista, semiólogo, crítico literário e midiólogo. Estreou na ficção narrativa com O nome da rosa, seguido de O pêndulo de Foucault, A ilha do dia anterior, Baudolino, A misteriosa chama da rainha Loana, O cemitério de Praga e Número zero. Entre suas numerosas obras ensaísticas (acadêmicas ou não), recordamos: Tratado de semiótica geral, Os limites da interpretação, Kant e o ornitorrinco, Da árvore ao labirinto, Quase a mesma coisa e A definição da arte. Publicou os volumes ilustrados História da beleza, História da feiura, Vertigem das listas e História das terras e lugares lendários. Reconhecido como um dos mais importantes escritores e pensadores dos últimos tempos, grande parte da sua obra se encontra publicada no Brasil pela Editora Record.

Características

  • ISBN: 978-65-5587-366-5
  • Título Original: Il nome della rosa
  • Tradutor: Homero Freitas de Andrade;Aurora Fornoni Bernardini
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 22.5cm
  • Largura: 15.5cm
  • Profundidade: 3.6cm
  • Lançamento: 14-02-2022
  • Páginas: 588