O preto que falava iídiche

Autor(es): Nei Lopes
Editora: Record
  • Brochura R$44,90

R$44,90

76 em estoque

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Tempo de Entrega
Compartilhe:

Sinopse

O encontro de duas comunidades degredadas no Rio da primeira metade do século XX: negros e judeus. O mais ambicioso romance de Nei Lopes.

A partir do relacionamento apaixonado, fortuito e proibido do preto inteligentíssimo Nozinho, que falava até iídiche, com a bela e branca judia Rachel, o romance enlaça as vivências e memórias de suas origens com as de outro grupo historicamente marcado pelo racismo, o das comunidades judaicas. E o faz, como sempre, associando leveza e humor a reflexões profundas sobre arte, religiosidade e costumes. Da Praça Onze carioca ao East River nova-iorquino, passando pela Bahia, Porto Alegre e a distante Etiópia, o autor nos conduz por uma viagem fantástica.
O autor propõe uma saga realista e alegórica sobre uma das formações possíveis do povo brasileiro.

Sobre o autor

Foto de Nei Lopes
Nei Lopes

Nei Lopes nasceu em 1942, no subúrbio carioca de Irajá.
Ex-advogado, destacou-se como compositor de música popular e depois como escritor, notadamente com os romances Rio Negro, 50 e O preto que falava iídiche, e os contos de Nas águas desta baía há muito tempo, todos pela Editora Record. Assim, vem acumulando publicações e premiações, como o 58º Prêmio Jabuti nas categorias Melhor Livro de Não Ficção e Livro do Ano, conquistado com o Dicionário da História Social do Samba (Civilização Brasileira), coautoria de Luiz Antonio Simas. Em 2017, por sua “relevância sociocultural”, recebeu o título de doutor honoris causa concedido pela UFRGS.

Características

  • ISBN: 978-85-01-11325-2
  • Formato: Brochura
  • Altura: 21cm
  • Largura: 14cm
  • Profundidade: 1.4cm
  • Lançamento: 17-04-2018
  • Páginas: 256