Oferta!
 

O tenente Gustl

  • Brochura R$59,90 R$56,90

R$59,90 R$56,90

Em estoque

Compartilhe:


Sinopse

Dramaturgo, contista, ensaísta, novelista e romancista, foi com o talento para dissecar o lado mais ambíguo do ser humano que Arthur Schnitzler se tornou um dos mais importantes autores de língua alemã. Em O TENENTE GUSTL, seu livro mais conhecido — parte da Coleção As Grandes Obras de Arthur Schnitzler, organizada e traduzida por Marcelo Backes —, ele cria o primeiro monólogo interior em seu idioma. Um romance que inspirou o fluxo de consciência de escritores como James Joyce. Gustl, um oficial em treinamento no exército imperial austro-húngaro, briga com um padeiro na chapelaria do teatro, quando atendem a um concerto. O padeiro não aceita a rudeza de Gustl e, entre palavras grosseiras, pega sua espada e a parte ao meio. E aí se inicia a agonia do oficial. Envergonhado e humilhado, crê lhe restar apenas o suicídio. Enquanto vislumbra o fim, pensa em basicamente três coisas: se alguém ouviu a discussão, se se tornará chacota em Viena e se sobreviveria ao insulto. O rapaz vaga pela capital do Império, pensando em como se matar, rejeitando todo argumento contrário ao fim dramático. Em seu monólogo, apresenta um catálogo de pensamentos, preconceitos e valores arraigados a sua classe. E um absurdo senso de honra. Ao mesmo tempo, exibe um lado mesquinho: a objetificação das mulheres, o antisemitismo, o militarismo crescente, a luta de classes, o privilégio. O epítome de uma época ao mesmo tempo grandiosa e decadente. A valorização do indivíduo, do lazer e do consumo, costuradas pelo fio do talento de Schnitzler, funciona aqui como um presságio para a sociedade moderna. Seu paralelo com a Viena de Schnitzler está no universo de conexões perdidas Na miséria e fascinação, os brilhos, falsos ou não, da condição humana. As elocubrações de Gustl em sua noite mascaram as impressões do autor sobre a sociedade vienense do fim do século XIX.

Sobre o autor

Arthur Schnitzler
Arthur Schnitzler

Arthur Schnitzler floresceu na melancólica Viena do declínio dos Habsburgo. Em meio à desesperança do fim do século XIX, o combate ao anti-semitismo, à hipocrisia burguesa e à repressão sexual o definiam tanto quanto o talento visceral para os diálogos e a observação psicológica. Considerado imoral, escandalizou críticos, e a eles deu a única resposta considerada válida — a própria obra: Se ela perdurar, venceste.

Características

  • ISBN: 978-85-01-09080-5
  • Título Original: Leunant Gustl
  • Tradutor: Marcelo Backes
  • Formato: Brochura
  • Altura: 21cm
  • Largura: 14cm
  • Profundidade: 0.7cm
  • Lançamento: 20-04-2012
  • Páginas: 96
Gêneros: