Ridículo Político

Autor(es): Marcia Tiburi
Editora: Record
Selecione o formato

R$29,95

Em estoque

Compartilhe:


Sinopse

Uma investigação sobre o risível, a manipulação da imagem e o esteticamente correto. Da autora de Como conversar com o fascista

As cenas ridículas – e os personagens já muito conhecidos – traduzem o sentido da política em nossos dias, mas não apenas como uma bagunça feita por pessoas despreparadas para os cargos que ocupam. A deturpação serve a uma nova política, em um sentido altamente problemático: o poder é transformado em violência, e a seriedade de certos assuntos dá lugar ao cinismo. Abusadores do poder seguem sempre mais poderosos como engraçadinhos ou bufões inofensivos, muitas vezes até confiáveis, enquanto a população paga preço altíssimo por uma despolitização apresentada como o melhor dos mundos. Soltos em escala social, o fascismo, o machismo e o racismo dão o ritmo e o tom da política em nossos dias sem que pareça que algo possa ser feito.
Ao introduzir a noção de “ridículo político” no debate sobre estética e política, os ensaios deste livro são uma contribuição original – e fundamental – de Marcia Tiburi para que pensemos sobre quão grave é o hábito de não tratar com seriedade as coisas políticas.

Sobre o autor

Marcia Tiburi

Marcia Tiburi é autora de obras importantes do pensamento crítico contemporâneo, tais como Complexo de vira-lata (Civilização Brasileira, 2021), Feminismo em comum: para todas, todes e todos (Rosa dos Tempos, 2018), Ridículo político: uma investigação sobre o risível, a manipulação da imagem e o esteticamente correto (Record, 2017) e Como conversar com um fascista: reflexões sobre o cotidiano autoritário brasileiro (Record, 2015). Atualmente leciona na Universidade Paris 8 e se dedica à literatura e às artes visuais.

Características

  • ISBN: 978-85-01-10906-4
  • Formato: Brochura
  • Altura: 23cm
  • Largura: 16cm
  • Profundidade: 1.3cm
  • Lançamento: 15-05-2017
  • Páginas: 238