Um terno de pássaros ao sul

Autor(es): Carpinejar
  • Brochura R$39,90

R$39,90

46 em estoque

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Tempo de Entrega
Compartilhe:

Sinopse

Composto em trios ou estrofe de três versos, multimétricos, nele desenvolve um ritmo interior, de quase confissão, como palavras ditas na sombra, mais dirigidas a si mesmo que o destinatário desta carta-poema ou deste aceno de volta”. Ignácio de Loyola Brandão, por sua vez, afirmou que “não há aqui formalismo, nem concretismos estéreis, nem vanguardismos superados, nem buscas de formas sem essências. O que já é um homem sensível, aberto para a vida, cheio de emoção e que transmite essa emoção de um modo muito particular.”Já no título, a obra nos indica tanto o traçado da migração (pai, filho e mãe), como a necessidade de um agasalho para enfrentar o rigoroso inverno. O volume inicia no pampa e termina no mar, selando o encontro entre duas lonjuras, duas referências míticas e geográficas de espaço aberto. O escritor partilha sua verdade, reconhecendo o destino intransferível e pessoal que o mundo confiou a cada família.Um terno de pássaros ao sul é objeto de referência nos The Book of the Year 2001 da Enciclopédia Britânica. Recebeu os prêmios Destaque Literário – Júri Oficial como melhor livro de poesia da 46ª Feira do Livro de Porto Alegre (RS), e Açorianos de melhor livro de poesia em 2001, da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre (RS).

Sobre o autor

Carpinejar

Fabrício Carpinejar é poeta, jornalista e mestre em Literatura Brasileira pela UFRGS, além de coordenador e professor do curso de Formação de Escritores e Agentes Literários da Unisinos. Filho do casal de poetas Maria Carpi e Carlos Nejar, nasceu na cidade gaúcha de Caxias do Sul em 1972. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Maestrale/San Marco (2001), Açorianos (2001 e 2002), Cecília Meireles (2002), Olavo Bilac (2003) e Prêmio Erico Verissimo (2006). Carpinejar foi traduzido ao alemão e assinou contratos na Itália e na França. Participou de antologias no México, Colômbia, Índia e Espanha, e vem sendo aclamado por escritores do porte de Carlos Heitor Cony, Millôr Fernandes, Ignácio de Loyola Brandão e Antonio Skármeta como um dos principais nomes da poesia brasileira contemporânea.

Características

  • ISBN: 978-85-286-1313-1
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 21cm
  • Largura: 14cm
  • Profundidade: 0.6cm
  • Lançamento: 02-04-2008
  • Páginas: 96
Gêneros: