Videogame e violência

Cruzadas morais contra os jogos eletrônicos no Brasil e no mundo

Selecione o formato

R$74,90

Em estoque

Compartilhe:


Sinopse

Primeiro livro brasileiro a tratar do tema “videogame e violência” de maneira crítica

Até que ponto a relação entre jogos eletrônicos e violência é verdadeira e deveria estimular o combate implacável aos jogos mais violentos? As controvérsias em torno dos videogames se confundem com sua própria história. Neste livro, o autor, Salah H. Khaled Jr., recusa a explicação maniqueísta de que jogos violentos provocariam agressividade e dessensibilização.
Além de analisar o discurso jornalístico e político em casos de violência envolvendo gamers, o autor reúne vasta bibliografia para sustentar que muitas pesquisas apresentam falhas metodológicas e não são capazes de apontar com segurança uma relação causal entre games e agressão e entre games e perda de sensibilidade diante da violência real. O livro também mostra que a indústria do videogame tem usado a polêmica a seu favor, muitas vezes ela mesma desencadeando deliberadamente o pânico, visando exclusivamente à compensação financeira.
Com formação acadêmica em Criminologia, Direito Penal e História, Salah H. Khaled Jr. é um jogador aficionado. Este livro, escrito com rigor e espirituosidade, tem leitura ágil e reúne discussões de campos diversos, incluindo psicologia, ética, jornalismo e cultura pop.

Sobre o autor

Salah H. Khaled Jr.
Salah H. Khaled Jr.

Características

  • ISBN: 978-85-200-0989-5
  • Formato: Brochura
  • Altura: 23cm
  • Largura: 16cm
  • Profundidade: 2.7cm
  • Lançamento: 11-04-2018
  • Páginas: 504
Gêneros: