Record na disputa do Prêmio São Paulo

18/10/2019 10 visualizações

O Grupo Editorial Record chega à final do Prêmio São Paulo de Literatura com três nomes, entre eles o da estreante Juliana Leite. Com o romance ‘Entre as mãos’, a autora já conquistou o prêmio da APCA em 2018 e está na disputa pelo Jabuti na categoria principal. Também concorrem à premiação concedida pela Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo o carioca Alberto Mussa, por ‘A biblioteca elementar’ (Editora Record), o encerramento de seu compêndio mítico sobre o Rio de Janeiro, e o goiano André de Leones, que lançou ‘Eufrates’ pela Editora José Olympio.

Assim como Juliana Leite, De Leones também é uma revelação do Prêmio Sesc. Ele foi consagrado na categoria romance em 2006 por ‘Hoje está um dia morto’, publicado pela Record. O autor também lançou pela editora a coletânea ‘Paz na terra entre os monstros’.