Romance que deu origem a ‘Jojo Rabbit’ chega às livrarias

3/02/2020 754 visualizações

Como muitos meninos austríacos na época da anexação da Áustria ao Reich alemão, no fim da década de 1930, Johannes Betzler abraça inocentemente o sonho nazista. Integrante da Juventude Hitlerista, ele descobre que seus pais estão escondendo uma jovem judia atrás de uma parede falsa em sua casa, em Viena. Repleta de conflitos, O céu que nos oprime (Ed. Bertrand Brasil), de Christine Leunens, – já em pré-venda – conquistou o diretor neozelandês Taika Waititi.

Após o desaparecimento de seus pais, o protagonista de O céu que nos oprime descobre que ele é a única pessoa ciente da existência de Elsa, a judia escondida em sua casa, e único responsável por sua sobrevivência. Manipulando e sendo manipulado, Johannes teme o fim da guerra: com isso virá a perspectiva de perder Elsa e um relacionamento que varia entre paixão e obsessão, dependência e indiferença, amor e ódio.

O céu que nos oprime é uma obra emocionante e magistral que examina verdades e mentiras nos níveis político e pessoal, revelando os aspectos mais sombrios da alma humana.

O tom satírico da adaptação de Waititi, que nas telas vive ele próprio um Hitler facilmente manipulável, é bem diferente da  carga dramática do livro de Catherine Leunens. ‘Jojo Rabbit’, que concorre ao Oscar em seis categorias, entra em cartaz no dia 6 de fevereiro. Assista abaixo o trailer.