Três ensaios filosóficos de 2019

28/06/2019 1 visualizações

Dois expoentes do pensamento conservador e liberal, o inglês Roger Scruton e o americano Thomas Sowell lançam novos ensaios pela Editora Record. John Gray completa a tríade de grandes ensaístas com O silêncio dos animais. 

 

scrutonAtração do ‘Fronteiras do Pensamento’, Scruton lança novo livro

Nesta breve e magistral introdução à tradição conservadora, Roger Scruton, um dos maiores intelectuais britânicos da atualidade, oferece aos leitores um convite ao mundo da filosofia política, explicando a história e a evolução do movimento conservador ao longo dos séculos.

Em Conservadorismo: Um convite à grande tradição, reúne ensaios sobre a trajetória do pensamento conservador. Scruton visita o Brasil em julho para participar do seminário ‘Fronteiras do pensamento’, em Porto Alegre e São Paulo. Clique na capa para o release completo.

 

 

 

 

 

 

thomas sowellPupilo de Friedman, Thomas Sowell questiona políticas afirmativas 

Muitas teses foram propostas para tentar explicar os motivos das diferenças – sociais, econômicas e de outras naturezas – entre indivíduos, grupos e nações. Há quem defenda que os menos favorecidos são vítimas da genética.

Outros creem que os menos afortunados são vítimas dos mais afortunados. Mas e se, na realidade, houver uma tentativa ignorante – ou intelectualmente desonesta – de interpretar dados para que sirvam a agendas políticas e acadêmicas?

O renomado economista Thomas Sowell apresenta seus argumentos em Discriminação e disparidades. Clique na capa para o release completo.

 

 

 

 

silencioO silêncio dos animais 

Sequência de “Cachorros de Palha”, do provocativo filósofo britânico John Gray, O silêncio dos animais questiona o mito do progresso humano e analisa a tendência do homem em criar mitos sobre si mesmo e sobre sua suposta superioridade em relação aos outros seres. Clique na capa para o release completo.