Vem aí: lançamentos de fantasia para 2021

30/12/2020 142 visualizações

Ontem (29), aconteceu a aguardada live “Vem aí 2021” em nosso canal no YouTube (Grupo Editorial Record) com revelação dos lançamentos do Grupo, capas e recados de autores nacionais e internacionais contando sobre as próximas novidades. Ana Rosa e Lucas Reis comandaram a apresentação e anúncios exclusivos com dos mais de 50 livros de fantasia previstos para o primeiro e o segundo semestre de 2021. Além disso, deram início na participação dos leitores para a escolha da capa de “Love yor life” da Sophie Kinsella e também indicando ilustradores negros para as artes de “Os Cem de Mil Reinos” da N.K. Jemisin.

LANÇAMENTOS NACIONAIS 

Dos autores nacionais, já temos a promessa de um livro de poesia da baiana Elayne Baeta, autora de “O amor não é óbvio”; o lançamento de “Maldito ex”, uma sequência de Juan Jullian para o “Querido ex (a autobiografia da subcelebridade mais odiada do país)” que traz a questão de relacionamento LGBT e abusivo. Já Lucy Vargas dá continuidade à série “Damas ardilosas” em “Um enlace entre inimigos”. Ray Tavares volta com o humor em primeira pessoa em “As vantagens de ser você”, com uma road trip e um retiro espiritual para quem curtiu “Os doze signos de Valentina”.

O ator e roteirista, Felipe Cabral, do canal “Eu leio LGBT” lançará no segundo semestre o seu livro de estreia: “O primeiro beijo de Romeu”. O romance LGBT tem acontecimentos baseados na Bienal Rio 2019 quando o prefeito Marcelo Crivella censurou um livro com beijo gay na capa. Já Ana Beatriz Brandão traz em “A garota dos olhos verde-esmeralda” a vida e aventuras de Helena, a irmã de Daniel de “Garoto do cachecol vermelho” (Verus Editora).

Para finalizar as novidades dos autores nacionais, Carina Rissi conclui a série Perdida, com “Indomada” e a história de três mulheres lutando por um lugar ao sol em pleno século XIX. Quem assina o Clube da Carina já recebeu o primeiro capítulo junto com a última caixa deste ano.

LANÇAMENTOS INTERNACIONAIS 

Dos autores internacionais, teremos algumas sequências. “Um de nós é o próximo”, da Karen M. McManus é a continuação de “Um de nós está mentindo”; Nancy Springer dá continuidade às aventuras de Enola Holmes, a irmã de Sherlock e Microft Holmes, em “The case of the left-handed Lady”. Já Colleen Hoover traz o seu segundo thriller “Layla” e o romance Heart Bones”, lançado recentemente nos Estados Unidos.

Repleta de fãs ansiosos, Cassandra Clare traz “O Livro Perdido do Branco” (Galera), o segundo livro da série “As Maldições Ancestrais”. A história se passa após a conclusão de “Os Instrumentos Mortais”, nas aventuras de Magnus e Alec. Como a obra ganhará uma nova identidade visual, assim como ocorreu nos Estados Unidos, “Os Pergaminhos Vermelhos da Magia” – o primeiro volume de “As maldições ancestrais” – será relançado com uma nova capa. Durante a pré-venda de “O Livro Perdido do Branco” haverá a opção de uma sobrecapa para quem desejar. E no segundo semestre terá mais Cassandra Clare em “Corrente de Ferro”, a sequência do recém lançado “Corrente de Ouro”.

Inédito no Brasil, a Verus Editora traz “Call down the hawk”, o início da trilogia “Dreamer trilogy”, da Maggie Stiefvater, além de um box completo com “A saga dos corvos”. E a  Galera traz Nnedi Okorafor com “Guerreira akata”, uma história baseada na mitologia nigeriana e também a ficção científica “Binti”. Quem também ganha um novo projeto gráfico e um box é o “Castelo animado”, da escritora britânica Diana Wynne Jones. Pela primeira vez em português, teremos Camryn Garret. A autora de apenas 20 anos, nascida e criada em NY, traz  “Full Disclosure”, pela Verus Editora, com a história de Simone, uma menina com HIV.

Os fãs de Bernard Cornwell terão três felicidades. Em 2021, sai o último livro das Crônicas Saxônicas: “O senhor da guerra”, “Herói”, o quarto livro de “As crônicas de Starbuck” e “A espada de sharpe” (Ed. Record) de “As aventuras de um soldado nas Guerras Napoleônicas”.

Apaixonado pelo Brasil, Jo Nesbo agracia o país com “The Kingdom” e a reedição da tetralogia “Um caso de Harry Hole” e de “Headhunters”

Em comemoração aos 10 anos da publicação de “Amor de redenção” da Francine Rivers no Brasil, teremos uma reedição especial e também o lançamento de “A path to redeeming love”.  

ADAPTAÇÕES 

Eleito um dos melhores livros de fantasia pela Amazon, “A Vida Invisível de Addie LaRue” da V. E. Schwab é resultado de quase 10 anos de trabalho da autora que inicia também uma trilogia infanto-juvenil em “Cidade dos Fantasmas”, e ganha um box especial da série “Tons de magia” com nova identidade visual. Repleta de fãs ativos nas redes socias, Schwab participa da coletânea de contos “Vampires Never Get Old” com um relacionamento entre duas vampiras em “First Kill”. Conto este que será adaptado para série na Netflix, com produção da atriz Emma Roberts.

Também adaptado pela Netflix ““O Caderninho de Desafios de Dash e Lily” do David Levithan e da Rachel Cohn ganhará nova capa e continuidade em “The twelve days of Dash and Lily”.

Indicado nas categorias de melhor livro de estreia e melhor fantasia jovem adulto do prêmio Goodreads, Aiden Thomas-  que por pouco não ganhou como melhor livro de estreia em “Garotos do Cemitério”. Na trama Yadriel, um menino trans tenta provar para sua família que é digno de ser um brujo, mas sua família quer que ele faça a iniciação como uma bruja. E é nisso que ele conhece o Julian, o badboy da escola que morreu de maneira misteriosa e agora os dois vão precisar descobrir o que aconteceu com ele e também com o Miguel, o primo recém morto de Yadriel. Já o vencedor do Goodreads, Matt Haig traz em “A biblioteca da meia-noite” (Bertrand) a experiência de Nora na biblioteca infinita, aonde pode viver todas as vidas que ela poderia ter vivido, explica o autor.

A PEDIDOS

O quinto e aguardada volume de Corte dos Espinhos e Rosas, “Corte de Chamas Prateadas”, da Sarah J. Maas chegará em 2021, assim como  uma coletânea sobre Cardan, o personagem amado e odiado de Holly Black em “Como o rei de Elfhame apendeu a odiar histórias” uma coletânea para os fãs do universo das fadas. Haverá ainda o relançamento da trilogia “A modern faerie tail”.

Outra queridinha na internet, Angie Thomas lança “Concrete Rose” que se passa muitos anos de “O Ódio que Você Semeia” (Galera). A história é sobre o pai da Starr.

CONCLUSÕES DE SAGAS E SÉRIES 

Sabaa Tahir conclui a saga de Laia, Elias e Helene, que estão envolvidos na guerra dos Eruditas e do Império dos Marciais em “A sky beyond the storm”.

“Problemas de gente rica” finaliza a trilogia de Kevin Kwan, que iniciou com “Asiáticos Podres de Rico” (Ed. Record).

Entre os lançamentos internacionais teremos ainda Abi Daré com “The Girl with the Louding Voice”; Jason Reynolds e Ibram X. Kendi e questões raciais em “Carimbados”; Kalynn Bayron na distopia com acontecimentos depois da Cinderela e uma protagonista negra em “Cinderella está morta”; J. D. Robb com o thriller “Viagem mortal”; Emma Donoghue, autora de “Quarto” com “The pull of the stars”; Marian Keyes e os dilemas familiares em “Grown-ups”; Terry Pratchett no terceiro volume de “Tiffany dolorida” em “O inverneiro”; Shelby Mahurin em “O pássaro e a serpente” e Brittainy C Cherry na história de amor de Ian e Hazel em “The Wreckage of Us”.