Conversa com os vencedores do Prêmio Sesc 2021

19/08/2021 187 visualizações

O Sesc e a Editora Record apresentaram na quarta (18), às 19h, em live no YouTube do Grupo Editorial Record os vencedores do Prêmio Sesc de Literatura de 2021. O paraense Fábio Horácio-Castro e o pernambucano Diogo Monteiro venceram nas categorias romance e conto com O réptil melancólico e O que a casa criou, respectivamente. Em outubro, a editora Record lançará as obras.

Aclamado na categoria romance O réptil melancólico conta a história de Felipe, filho de uma militante política que retorna do exílio. Na obra, o professor do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, da Universidade Federal do Pará, Horácio-Castro debate temas como colonialidade, colonialismo e colonização.

Já na categoria contos, o jornalista Diogo Monteiro aborda em O que a casa criou a possibilidade de se deparar com o inusitado nos dezesseis textos que integram a obra.

Na edição de 2021, foram 850 inscritos na categoria romance e 838 na categoria conto. Desde a criação do prêmio, em 2003, foram revelados 31 novos autores.

Processo de seleção

Os romances e contos são avaliados por escritores profissionais renomados, que selecionam as obras vencedoras pelo critério da qualidade literária. O processo de curadoria e seleção das obras é criterioso e democrático. Os livros são inscritos pela internet, gratuitamente, protegidos por anonimato. Isso impede que os avaliadores reconheçam os reais autores, evitando assim qualquer favorecimento.

A relevância do projeto também pode ser medida por meio do sucesso dos seus vencedores, que costumam vencer ou ser finalistas de outros grandes prêmios literários como o Jabuti, Biblioteca Nacional e São Paulo de Literatura. Eles também vêm sendo convidados para outros importantes eventos internacionais, como a Primavera Literária Brasileira, realizada em Paris, o Festival Literário Internacional de Óbidos, em Portugal, e a Feira do Livro de Guadalajara, no México.