Rosa dos Tempos

Dedicada a obras de gênero e interesse feminino, a Rosa dos Tempos foi fundada em 1990 pela escritora Rose Marie Muraro e a atriz Ruth Escobar. A ideia era criar um instrumento que desse voz às mulheres. Tornou-se realidade com o apoio da jornalista Laura Civita, da socióloga Neuma Aguiar e do fundador da Record, Alfredo Machado.

Depois de anos sem novas publicações, o Grupo Editorial Record reativou o selo em 2018. A “nova” Rosa dos Tempos se mantém fiel à sua proposta original de ser uma editora com ótica feminista.

Rejuvenescendo o tema e trazendo o debate para a cultura pop, o selo vai além da renovação de suas obras. Seu catálogo traz novos títulos de reconhecidas autoras, como Bell Hooks, Marcia Tiburi e Naomi Wolf.