Como derrotar o turbotecnomachonazifascismo

Autor(es): Marcia Tiburi
Editora: Record
  • Brochura R$49,90

R$49,90

Em estoque

Compartilhe:

Sinopse

Como derrotar o turbotecnomachonazifascismo é novo livro de Marcia Tiburi, autora do best-seller Como conversar com um fascista.

 

No momento em que a desinformação e a lógica do desnorteio correm soltas como metodologias políticas, “turbotecnomachonazifascismo” é um nome para o fenômeno político inominável que nos ataca. O ódio é o combustível que alimenta essa máquina movida à tração humana. O êxtase fascista é a droga do momento ao alcance de quem queira participar.

Este livro busca dar nome ao inominável tendo em vista que qualquer projeto de transformação exige a compreensão do fenômeno a ser superado. Transformar o atual estado de violência e injustiça é o seu objetivo prático.

Em nossa época, já não experimentamos apenas mais um histórico mal estar: retrocedemos à barbárie. Nós nos encontramos em um limiar bastante perigoso pelo qual podemos conhecer destruições ainda piores.

Administrado por zumbis políticos e econômicos, o mundo se transforma em uma distopia. Muitos de nós se sentem como figurantes em um filme B. É o sistema de opressão em ação nos transformando diariamente em seres atônitos e desnorteados.

No Brasil, temos os povos ameríndios e as populações afrodescendentes como testemunhas da sobrevivência de violências nunca superadas. As violências racistas se renovam na fase atual do capitalismo. Inomináveis, elas não deixam de atingir populações esmagadas economicamente e sempre na mira do capital.

Sob a forma neoliberal, o capitalismo se impõe a qualquer custo e atinge uma fase alucinada, ilimitada, sem verniz e sem escrúpulos.

Fundamentalista e obscurantista, marcado pelo ódio mais extremo às minorias políticas e aos direitos da humanidade, o autoritarismo se renova e se encaminha para a dominação total. Ele assume a forma monstruosa de “turbotecnomachonazifascismo”.

Sobre o autor

Marcia Tiburi

Marcia Tiburi estudou artes e filosofia. É autora de obras importantes para o pensamento crítico contemporâneo, tais como Feminismo em comum: para todas, todes e todos (Rosa dos Tempos), Ridículo político: uma investigação sobre o risível, a manipulação da imagem e o esteticamente correto (Record) e Como conversar com um fascista: reflexos sobre o cotidiano autoritário brasileiro (Record). Participou das eleições de 2018 como candidata a governadora do estado do Rio de Janeiro, pelo Partido dos Trabalhadores (PT). É colunista da Revista CULT.

Características

  • ISBN: 978-65-558-7066-4
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 23cm
  • Largura: 15.5cm
  • Profundidade: 0.9cm
  • Lançamento: 26-10-2020
  • Páginas: 196