Oferta!
 

O tigre na sombra

Autor(es): Lya Luft
Editora: Record
  • Brochura R$29,90 R$19,90

R$29,90 R$19,90

3508 em estoque

Compartilhe:

Sinopse

Um dos maiores fenômenos editoriais do Brasil nos últimos anos, com mais de 1,2 milhão de exemplares vendidos, Lya Luft retorna ao romance depois de 13 anos (o último foi O ponto cego, de 1999), para alegria de seus leitores. Com uma trajetória literária de mais de 30 anos e um repertório de 23 livros publicados, Lya conquistou o público com suas belíssimas crônicas filosóficas sobre a vida e seus mistérios — incluindo o surpreendente livro de ensaios Perdas & ganhos, de 2003, um sucesso gigantesco de público que teve direitos vendidos para diversos países e permaneceu por 113 semanas no topo das listas dos mais vendidos. Sua última incursão pela ficção, no entanto, foi com o livro de contos O silêncio dos amantes, em 2008, adaptado com sucesso para o teatro sob direção de Moacyr Góes. Neste O tigre na sombra, Lya é fiel ao seu universo de mistério, magia e dramas humanos muito reais que, de uma forma ou de outra, atingem todos nós. Os difíceis relacionamentos amorosos e familiares são o chão sobre o qual suas personagens caminham. O duelo entre vida e morte subjaz a todos os outros temas. O elemento enigmático permanece em muitas figuras, como a singular Vovinha, que ninguém sabe de onde veio e teria sido antes uma sereia, trazida a terra pelo amor do avô marinheiro, o bebê ciclope, o pai de família atormentado que dorme com revólver debaixo do travesseiro. A filha preferida, Dália, que mergulha em desespero; o tigre que, na sombra de um pequeno bosque inexistente, espreita tudo, ou os afogados da casa da praia chamada Casa do Mar, que à noite vêm para a beira das águas e falam com a personagem principal, Dôda. Dôda é uma menina diferente. Nasceu com uma perna mais curta, mas, embora deficiente, é a dona de todos os mistérios: trilha caminhos que os outros não alcançam, como o mundo dentro dos espelhos — que, segundo ela, têm vida própria e nos observam. Dôda registra a trama de todos, fala por todos, por todos sente e sofre. Brinca com a criança imaginária de uma mulher sem filhos e é acompanhada, em sua dança por esse mundo onírico, pelos passos de veludo de um dócil tigre de olhos azuis. E dialoga com seu alter ego, ou sua gêmea dentro dos espelhos, Dolores, que em muitos aspectos é como ela gostaria de ser. O mundo do espelho é lugar da liberdade e da poesia. O avesso real é decepção, tragédia, ruptura, caminho inevitável na busca de identidade de Dôda, a menina que se faz mulher. O romance todo é surpreendente, mas o final deste surpreende ainda mais. E ficamos, como sempre, encantados e enredados nessa ficção que a cada livro mais se aperfeiçoa e seduz.

Sobre o autor

Lya Luft

Formada em letras anglo-germânicas e com mestrados em Literatura Brasileira e Lingüística Aplicada, Lya Luft é autora de diversas grandes obras, entre elas A asa esquerda do anjo (1981), Reunião de família (1982), Mulher no palco (1984), O quarto fechado (1984), Exílio (1987) entre outras. Trabalha desde os 20 anos como tradutora de alemão e inglês, e já converteu para o português obras de autores consagrados, como Virginia Woolf, Günter Grass, Thomas Mann e Doris Lessing, além de ter recebido o prêmio União Latina de melhor tradução técnica e científica em 2001 pela tradução de Lete: Arte e crítica do esquecimento, de Harald Weinrich. Desde 2004, assina a coluna Ponto de vista, da revista Veja.

Características

  • ISBN: 978-85-01-40096-3
  • Formato: Brochura
  • Altura: 21cm
  • Largura: 14cm
  • Profundidade: 1.1cm
  • Lançamento: 24-10-2012
  • Páginas: 128
Gêneros: